Morte de Rodrigo Rodrigues emociona jornalistas no SporTV

Canal e ESPN realizaram transmissão conjunta para homenagear o apresentador

São Paulo

O mundo do esporte e do jornalismo repercute com tristeza a notícia da morte do apresentador Rodrigo Rodrigues, 45, nesta terça-feira (28).

A informação sobre a morte foi dada ao vivo no programa SporTV News, no início da tarde. Emocionada, a apresentadora Janaína Xavier fez a transição entre o seu programa e a atração seguinte da emissora, o Seleção SporTV.

Apresentador deste, o jornalista André Rizek também recebeu a notícia bastante comovido e pediu um minuto de silêncio, além da compreensão dos telespectadores sobre a dificuldade de conduzir a atração.

Rodrigo Rodrigues era o apresentador do programa Troca de Passes, do SporTV
Rodrigo Rodrigues era o apresentador do programa Troca de Passes, do SporTV - Reprodução/Instagram

Júnior, ex-jogador do Flamengo e comentarista do Grupo Globo, ídolo de Rodrigo Rodrigues, destacou a facilidade que o apresentador tinha de lidar com jogadores e outras personalidades do futebol.

O jornalista Paulo Vinícius Coelho, colunista da Folha, foi colega de Rodrigues na ESPN Brasil e, mais recentemente, no SporTV. Em sua participação ao vivo no Seleção, PVC, que escreveu sobre a amizade com o apresentador em seu blog no GloboEsporte.com, lamentou a perda do amigo. "É desleal que o vírus tenha atacado justamente seu cérebro brilhante", disse.

Juca Kfouri, outro colunista da Folha, foi convidado para falar sobre o apresentador, com quem também trabalhou na ESPN Brasil. "Não está certo, 45 anos [de idade], não está certo", disse Juca, emocionado.

Além de profissionais do canal, jornalistas e colegas de outras emissoras entraram ao vivo no Seleção SporTV para dar depoimentos e contra histórias sobre Rodrigues. Foi o caso, por exemplo, de Benjamin Back, da Fox Sports. Ele apresenta o Fox Sports Rádio, atração que concorre na hora do almoço com o Seleção.

O programa ainda teve a participação do técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, que pediu ao canal para entrar ao vivo e prestar sua homenagem. "Temos que lamentar a perda do ser humano e do profissional. Um profissional que respeitava o entrevistado, perguntava o que tinha de perguntar. Deixava um ambiente muito leve, descontraído", relatou o treinador, que também teve a Covid-19.

Galvão Bueno foi o convidado responsável por encerrar a ronda de homenagens do programa. O narrador, cuja esposa Desirée perdeu uma tia para a doença, deu um depoimento carinhoso sobre Rodrigo Rodrigues e pediu às pessoas que encarem a pandemia com seriedade.

"Quando a doença se aproxima da gente de uma forma como essa é que a gente tem que falar mais forte, tem de cobrar mais, não permitir que minimizem essa pandemia, não permitir que diminuam a gravidade e a força terrível dessa tempestade", disse Galvão.

"Se não é para ir à praia, por que ir para a praia? Se não é para fazer multidão nos bares, por que fazer multidão nos bares? Se é para evitar esse contato tão próximo... Claro que as pessoas precisam trabalhar, precisam alimentar suas famílias. Mas por favor, respeitem a gravidade dessa pandemia", completou.

Logo após o anúncio da morte feito pelo Grupo Globo, no início da tarde desta terça-feira, os principais clubes do futebol brasileiro prestaram suas homenagens nas redes sociais. Entre eles, o Flamengo, time do coração do apresentador e que ele nunca fez questão de esconder.

"O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente o falecimento do jornalista Rodrigo Rodrigues, nesta terça-feira (28), e se solidariza com os familiares, amigos e fãs. Apaixonado por esporte e pela música, o profissional conquistou uma legião de admiradores com seu trabalho e bom humor. Rubro-negro e fã de Zico, RR sem sombra de dúvidas foi um dos camisas 10 do jornalismo esportivo. Descanse em paz", publicou o clube rubro-negro.

Em nota, o ministro da Comunicação do governo Jair Bolsonaro, Fábio Faria, lamentou a morte do profissional de mídia. " É com profunda tristeza que recebemos a notícia da morte do jornalista Rodrigo Rodrigues, um dos nomes que se destacavam no jornalismo esportivo atual. Rodrigues deixa inúmeros fãs, não só no esporte e no jornalismo, mas também na cena musical. Não há de se negar que era uma pessoa querida. Nosso jornalismo perde um pouco hoje. Meus sinceros sentimentos aos seus familiares, amigos e colegas de profissão."

ESPN e SporTV realizaram uma transmissão conjunta na noite desta terça para homenagear o apresentador. Por 30 minutos, os programas SportsCenter e Troca de Passes, no horário das 21h30 às 22h, passaram trechos de programas com a participação de Rodrigo Rodrigues. Os membros das atrações também falaram sobre a convivência com o jornalista.

Veja outras manifestações de pesar e homenagens

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.