Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
06/06/2005 - 08h15

Jefferson denuncia mesada paga pelo tesoureiro do PT

Publicidade

da Folha Online

Reportagem da Folha de S. Paulo desta segunda mostra que o deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) cumpriu a promessa de denunciar corrupção no governo Lula. Em entrevista exclusiva a Renata Lo Prete, editora do Painel da Folha, o presidente do PTB disse que congressistas aliados recebiam o que chamou de um "mensalão" de R$ 30 mil do tesoureiro do PT, Delúbio Soares.

Sérgio Lima/FI
Jefferson em entrevista exclusiva à Folha
Segundo a reportagem, a prática durou até o começo do ano, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo Jefferson, tomou conhecimento do caso, pelo próprio petebista.

Em entrevista ao Bom Dia Brasil, da Rede Globo, o presidente do PT, José Genoino, negou o pagamento da "mesada" e disse que o partido ainda está analisando as acusações de Roberto Jefferson.

De acordo com a reportagem, outros ministros, como José Dirceu (Casa Civil) e Antonio Palocci (Fazenda) haviam sido alertados antes do esquema --que beneficiaria pelo menos o PP e o PL.

Jefferson está há três semanas no centro do noticiário pelas denúncias que atingem os Correios e o Instituto de Resseguros do Brasil, estatais que têm indicados do PTB em seus quadros. A crise decorrente das denúncias levou a um pedido de CPI que o governo pretendia enterrar nesta semana --agora, Jefferson diz que defende e quer a investigação.

Jefferson afirmou à Folha que a cúpula do PTB rejeitou a oferta do "mensalão", feita ainda em 2003, e, a partir de então, ele denunciou a prática a ministros e líderes do governo. "O Zé [Dirceu] deu um soco na mesa: O Delúbio está errado. Eu falei para não fazer", disse Jefferson.

De acordo com a reportagem, Jefferson conta que, em janeiro deste ano, falou com Lula. "Presidente, o Delúbio vai botar uma dinamite na sua cadeira. Ele continua dando 'mensalão' aos deputados." "Que 'mensalão'?" Jefferson explicou. "O presidente chorou." E depois da conversa com Lula? "Tenho notícia de que a fonte secou. A insatisfação está brutal [na base aliada] porque a mesada acabou."

Leia mais
  • Contei a Lula do "mensalão", diz deputado
  • Entenda como funcionava o "mensalão" de R$ 30 mil a parlamentares

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Roberto Jefferson
  • Leia o que já foi publicado sobre Delúbio Soares
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página