Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/12/2005 - 01h06

Renata Lo Prete ganha o Prêmio Esso de Jornalismo de 2005

Publicidade

da Folha de S.Paulo, no Rio

A jornalista Renata Lo Prete, editora do Painel da Folha, foi a vencedora do Prêmio Esso de Jornalismo pela entrevista com o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) que revelou ao país o "escândalo do 'mensalão'".

O Esso foi criado em 1955 e está em sua 50ª edição. A categoria Jornalismo, vencida pela Folha, é a principal do prêmio, entregue nesta noite, no Rio.

O trabalho de Lo Prete foi considerado pelos jurados o melhor entre 1.027 inscritos.

No ano passado, a Folha e o jornal "O Estado de S.Paulo" criticaram a estrutura da premiação. Em carta enviada aos organizadores --Esso Brasileira de Petróleo e RP Consultoria em Comunicação--, os jornais afirmaram que a estrutura do prêmio "conspira contra a análise do mérito jornalístico do trabalho" e que "a composição do corpo de jurados não é representativa do mercado editorial do país e tende a favorecer determinados grupos de mídia".

Entrevista

A entrevista com Jefferson, publicada em 6 de junho, desencadeou uma crise política que já dura seis meses, durante a qual foram descobertas várias irregularidades cometidas por membros do governo Lula. Na sua esteira, foram criadas três CPIs, cujas investigações resultaram na abertura de processos de cassação contra 19 deputados. Dois deles --o próprio Jefferson e José Dirceu (PT-SP)-- já foram cassados.

As investigações apontaram ainda a existência do chamado "valerioduto", esquema operado pelo ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e pelo publicitário Marcos Valério de Souza, pelo qual ao menos R$ 55,8 milhões foram repassados a aliados do governo.

Outros prêmios

Na categoria Reportagem, a segunda mais importante do prêmio, os vencedores foram Fábio Gusmão e equipe, do jornal "Extra", do Rio, com a série "Janela Indiscreta". As reportagens foram sobre a aposentada conhecida como Dona Vitória que, de seu apartamento, filmou durante meses a ação de traficantes e consumidores de drogas na favela em frente à sua janela.

O prêmio de telejornalismo foi para o programa "Domingo Espetacular", da TV Record, pela reportagem "Cidadão Fantasma". O jornal "O Globo" ganhou na categoria especial de 50 anos do prêmio Esso com a série de reportagens "Vida Severina", que retratava a vida de imigrantes nordestinos no Rio de Janeiro.

O prêmio de informação econômica foi para o jornal "O Estado de Minas" pela reportagem "A verdade sobre a transposição do rio São Francisco".

Leia mais
  • Jefferson denuncia mesada paga pelo tesoureiro do PT
  • Ouça trecho da entrevista com o então deputado Roberto Jefferson

    Especial
  • Leia a íntegra da entrevista vencedora do Prêmio Esso (Só assinantes)
  • Leia o que já foi publicado sobre o Prêmio Esso
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página