Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/09/2006 - 15h57

Ramo da Assembléia de Deus quer eleger Lula logo no 1º turno

Publicidade

CLARICE SPITZ
da Folha Online, no Rio

O líder da Convenção Nacional das Assembléias de Deus no Brasil (Ministério de Madureira) e presidente do Conselho Nacional de Pastores do Brasil, Manoel Ferreira, disse hoje que é preciso eleger o presidente Luiz Inácio Lula da Silva --candidato à reeleição (PT)-- logo no primeiro turno. A Convenção Nacional das Assembléias, um dos ramos da igreja, declarou hoje no Rio apoio à candidatura de Lula.

"Vamos somar esforços para ajudar a eleger Lula no primeiro turno e sem necessidade de flexionar o governo e dividir o poder", disse Ferreira logo depois de se encontrar com o presidente.

Segundo ele, a Convenção Nacional das Assembléias de Deus decidiu apoiar Lula porque ele é o candidato que mais "se identifica com segmentos mais pobres" da população.

Ferreira citou o Bolsa-Família como exemplo de programa social e disse que ele é um "oásis"n para quem recebe "uma pequena ajuda".

A Assembléia de Deus --maior igreja evangélica do país, com fiéis que somam 8,4 milhões de pessoas, segundo o censo 2000, ou 17 milhões, segundo a própria organização-- está dividida nesta eleição.

O outro ramo da igreja, a Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil, que reúne o maior número de fiéis, já declarou apoio à candidatura de Geraldo Alckmin, no final de agosto, com a justificativa do envolvimento do PT com escândalos de corrupção.

A Convenção Nacional das Assembléias de Deus (Ministério Madureira) é uma dissidência da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil, criada em 1989.

Leia mais
  • PIB cresce só 0,5% no 2º trimestre e põe em risco meta de Lula
  • Pesquisa Datafolha aponta para vitória de Lula no 1º turno

    Especial
  • Leia cobertura completa das eleições 2006
  • Enquete: o horário eleitoral muda ou não o seu voto?

  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página