Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/11/2006 - 20h07

Fotos de "Lost" circulam na internet como imagens do vôo 1907

Publicidade

da Folha Online

Fotos de um episódio do seriado "Lost" circulam pela internet como sendo imagens tiradas da câmera digital de um passageiro do vôo 1907 da Gol, que caiu no último dia 29 de setembro em uma região de mata fechada de Mato Grosso. O acidente matou 154 pessoas e é o maior da história da aviação brasileira.

Reprodução
É a segunda vez que internautas distribuem fotos falsamente ligadas à tragédia. As primeiras foram imagens de corpos mutilados anexadas a uma mensagem que afirmava que elas haviam sido tiradas no local do acidente. A Aeronáutica negou a veracidade das fotos, e a origem delas ainda não foi descoberta.

Desta vez, o autor da mensagem afirma que as fotos tiradas de "Lost" foram encontradas no cartão de memória de uma câmera digital, recuperada entre os destroços do Boeing. Nas imagens, vê-se o interior de um avião comercial cortado ao meio; passageiros agarrados a máscaras de ar e corpos humanos sendo arremessados para fora.

Reprodução
As cenas, na verdade, são de um dos primeiros episódios do seriado norte-americano. O acidente aéreo dá início à trama. A resolução da imagem distribuída por e-mail é baixa, provavelmente, por ter sido capturada da televisão (os chamados screencaps). A mesma foto pode ser encontrada em galerias de fotos de sites de fãs do programa.

Há outros dois indícios da farsa. O nome do passageiro que seria dono da câmera digital não consta da lista de pessoas que estavam a bordo do Boeing; e o nome do major que estaria investigando o vazamento das fotos, major Antônio Nelson, é uma provável referência ao do major Anthony Nelson, da série "Jeannie é um Gênio", exibida na década de 60.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre "Lost"
  • Leia a cobertura completa sobre o vôo 1907
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página