Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/12/2000 - 14h32

Maníaco deve passar por centro de detenção em São Paulo

Publicidade

FABIANE LEITE
da Folha Online

A Secretaria de Administração Penitenciária informou que o maníaco do parque Francisco de Assis Pereira ficará provisoriamente no Centro de Detenção Provisória, no Belém, zona leste de São Paulo, para possivelmente depois seguir para o presídio de Itaí, a 290 km da capital.

Pereira foi transferido nesta manhã da Casa de Custódia de Taubaté, a 134 km da capital, onde nove presos foram assassinados durante uma rebelião encerrada ontem.

No centro de detenção provisória, ficam presos que aguardam julgamento.

Segundo a secretaria, Pereira deve ficar na detenção provisória porque pode ser ouvido pelo juiz-corregedor da Vara de Execuções Criminais Otávio Augusto Machado.

O diretor da Coesp (Coordenadoria dos Estabelecimentos Penitenciários), Sérgio Ricardo Salvador, disse que o juiz, em decisão da semana passada, deu liberdade para o Estado decidir para onde enviar o maníaco.

Salvador afirma que determinou a transferência do motoboy para Itaí por este ser um presídio que só abriga autores de crimes sexuais. Pereira é acusado de estuprar e matar mulheres em um parque da região sudeste de São Paulo.

Segundo a secretaria, o maníaco estaria chegando ao centro de detenção.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página