Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
13/06/2000 - 15h14

PM impede irmã de refém do Rio de falar com a imprensa

Publicidade

da Folha Online

Elisângela Ferreira de Oliveira, irmã da professora Geisa Firmo Gonçalves, morta nesta segunda-feira (12) durante o seqüestro de um ônibus no Jardim Botânico, acaba de chegar ao Instituto Médico-Legal, segundo a Rádio CBN.

Ela chegou acompanhada do coronel Paulo Melo, chefe do Gabinete Militar. Elisângela foi impedida pelos policiais de falar com a imprensa e com os amigos de Geisa.

As amigas da professora procuraram alertá-la para que não assinasse qualquer documento que apresse o translado do corpo para Fortaleza. Os amigos querem que o corpo seja velado na Rocinha, onde Geisa morava.

Leia mais sobre o ônibus sequestrado no Rio na Folha Online

Leia mais notícias de cotidiano na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página