Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/09/2002 - 14h04

Incêndio destrói prédio histórico do Mercado da Capixaba, em Vitória

da Agência Folha

Um incêndio destruiu o prédio histórico do Mercado da Capixaba, ontem, no centro de Vitória (ES). A Secretaria Municipal de Cultura funcionava no segundo andar.

O fogo começou às 18h40, na loja Spozer, que vende materiais esportivos e fica numa esquina no andar térreo do edifício, ocupado também por lojas de artesanato e artigos de couro.

Segundo o major Lauedis Tomazelli, comandante do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros, por ser uma construção muito antiga, com muita madeira, as chamas se alastraram rapidamente. O telhado de madeira desabou. Também haviam muitas divisórias na secretaria, altamente inflamáveis.
Os bombeiros tiveram dificuldade para conseguir água, pois o hidrante mais próximo não estava funcionando.

O trânsito do final da tarde de sexta-feira, que já estava complicado por causa de uma passeata, também prejudicou o trabalho dos bombeiros. Eles demoraram mais de 20 minutos para chegar ao local, distante apenas 5 km do Batalhão.

O fogo só foi controlado por volta de 21h. Como não havia ninguém no interior do edifício, não houve feridos.

Hoje os peritos do Corpo de Bombeiros iniciaram o trabalho de investigação das causas do incêndio. Há suspeita de que o fogo tenha sido causado por um curto-circuito. O laudo deve ficar pronto em dez dias.

Os técnicos também irão avaliar se o prédio está condenado ou poderá ser restaurado. Construído nos anos 20, ele foi tombado nos anos 80 pelo Conselho Estadual de Cultura.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página