Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
23/02/2004 - 03h38

Desfile luxuoso do Salgueiro contrapõe álcool a petróleo

Publicidade

da Folha Online

O tema já havia sido explorado por outras escolas de samba em anos anteriores, mas a Acadêmicos do Salgueiro resolveu dar outra versão para um enredo que falava sobre álcool e cana-de-açúcar. Quarta escola a desfilar na Marquês de Sapucaí, no Rio, o Salgueiro mostrou a utilização do álcool como combustível do futuro.

Com o enredo "A cana que aqui se planta tudo dá, até energia... Álcool, o combustível do futuro", os carnavalescos Renato Lage e Márcia Lávia foram buscar na Ásia as origens da cana-de-açúcar.

A escola recebeu R$ 1,2 milhão do grupo J. Pessoa, dono de oito usinas, para financiar o desfile deste ano. O Salgueiro também desembolsou outros R$ 4 milhões.

O Salgueiro veio com 4.100 componentes --divididos em 30 alas-- e oito carros, foi apresentada por uma comissão de frente que fazia referência à cultura indiana. Da comissão de frente para o carro abre-alas o Salgueiro deu um salto no tempo mostrando uma moderna usina de álcool. Antes de entrar na avenida, o carro apresentou um problema na parte elétrica.

Defendendo a utilização do álcool como um combustível do futuro, a escola falou de todos os aspectos de sua produção. A vinda dos protugueses que trouxeram a cana para o Brasil, a utilização da mão-de-obra escrava nas plantações, a colheita nos canaviais de hoje, os elementos da natureza necessários para as plantações e até a utilização do álcool como combustível em naves espaciais.

O petróleo foi retratado como um monstro e a escola propôs uma cidade ideal no futuro utilizando o álcool com principal fonte de energia.

Pela primeira vez em sua história o Salgueiro veio com uma rainha na frente de sua bateria. A escola também optou por trazer antes de cada carro um destaque no chão. Entre eles estavam as atrizes Juliana Alves --do elenco da novela "Chocolate com Pimenta", da Globo-- e Rita Guedes.

A humorista Dercy Gonçalves, que recebeu o título de "Musa das Musas", foi o principal destaque do carro alegórico "Tempos Modernos", inspirado no filme de Charles Chaplin.

O último título do Salgueiro foi em 1993.

Especial
  • Fique por dentro do Carnaval 2004
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página