Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
28/02/2007 - 09h55

Entenda o que é PIB e como é feito seu cálculo

Publicidade

da Folha de S.Paulo
da Folha Online

O PIB (Produto Interno Bruto) é um dos principais indicadores de uma economia. Ele revela o valor de toda a riqueza gerada no país.

O cálculo do PIB, no entanto, não é tão simples. Imagine que o IBGE queira calcular a riqueza gerada por um artesão. Ele cobra, por uma escultura, de madeira, R$ 30. No entanto, não é esta a contribuição dele para o PIB.

Para fazer a escultura, ele usou madeira e tinta. Não é o artesão, no entanto, que produz esses produtos --ele teve que adquiri-los da indústria. O preço de R$ 30 traz embutido os custos para adquirir as matérias-primas para seu trabalho.

Assim, se a madeira e a tinta custaram R$ 20, a contribuição do artesão para o PIB foi de R$ 10, não de R$ 30. Os R$ 10 foram a riqueza gerada por ele ao transformar um pedaço de madeira e um pouco de tinta em uma escultura.

O IBGE precisa fazer esses cálculos para toda a cadeia produtiva brasileira. Ou seja, ele precisa excluir da produção total de cada setor as matérias-primas que ele adquiriu de outros setores.

Depois de fazer esses cálculos, o instituto soma a riqueza gerada por cada setor, chegando à contribuição de cada um para a geração de riqueza e, portanto, para o crescimento econômico.

Hoje o IBGE divulgou apenas a variação percentual da economia brasileira, que cresceu 2,9% no ano passado. O valor em reais do PIB deve ser conhecido apenas no próximo mês.

Leia mais
  • PIB do Brasil cresce 2,9% em 2006, pouco mais da metade do mundo
  • Bolsa de Xangai se recupera, mas asiáticas fecham em baixa
  • China tenta acalmar mercados e nega plano para taxar ganhos de capital
  • Bovespa tem a pior queda desde os atentados de 11 de setembro de 2001
  • Trabalhador precisa receber até hoje informe para declarar IR 2007

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre o PIB brasileiro
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página