Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
13/07/2006 - 11h15

Fifa abre investigação disciplinar contra Materazzi

Publicidade

da Folha Online

A Fifa anunciou nesta quinta-feira a abertura de uma investigação disciplinar contra o jogador italiano Marco Materazzi, que ofendeu o francês Zidane na final (a Itália ganhou nos pênaltis por 5 a 3) da Copa do Mundo-2006, no último domingo, em Berlim.

Esta decisão, segundo a Fifa, "foi tomada após as primeiras declarações do francês Zinedine Zidane, que deu uma cabeçada em Materazzi após ser insultado pelo adversário".

Segundo o comunicado, a entidade destacou que pretende analisar a fundo as "circunstâncias do incidente".

Zidane, que também é objeto de uma investigação por ter agredido o rival --pode, inclusive, perder a "Bola de Ouro" como melhor jogador do Mundial, tem o direito de ser escutado e deverá falar sobre o incidente antes de 18 de julho. Depois, Materazzi deverá dar as suas explicações sobre o caso, informa a Fifa.

Além disso, segundo o comunicado da entidade, os dois jogadores foram convocados para um interrogatório a portas fechadas em 20 de julho, em Zurique, na sede da Fifa.

Ontem, em entrevista ao Canal+, Zidane disse que não lamentava a agressão contra o adversário porque foi ofendido com "palavras muito duras". "Ele disse palavras muita duras sobre minha mãe e minha irmã. Eu tentei não ouvir, mas ele continuou repetindo [os insultos]."

Com agências internacionais

Especial
  • Leia cobertura completa da Copa do Mundo-2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página