Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
29/06/2000 - 22h40

Dois gols em dois minutos colocam São Paulo próximo da final

Publicidade

da Folha Online

Moacyr Lopes Júnior

Fabiano comemora terceiro gol

No duelo dos campeões estaduais, São Paulo saiu na frente de Minas Gerais nas semifinais da Copa do Brasil. Jogando no Morumbi, o São Paulo, que não realizou uma grande partida, fez dois gols depois dos 45min do segundo tempo e venceu o Atlético-MG por 3 a 0, na noite desta quinta-feira (29).

Além de confirmar a boa fase, o São Paulo ficou muito próximo de uma decisão inédita da Copa do Brasil.

O vencedor da série fará as finais do torneio contra o vencedor de Cruzeiro e Santos, que também jogaram na noite desta quinta.

Com o resultado, a equipe paulistana garante a classificação para as finais com um empate ou até mesmo com uma derrota por dois gols de diferença. Se perder por três gols de diferença, mas marcar pelo menos um gol no Mineirão, no domingo, às 18h30, no jogo de volta entre as duas equipes, o São Paulo também se classifica.

Os mineiros, que ainda não venceram nenhuma partida na Copa do Brasil, terão de vencer por quatro gols de diferença para se classificar sem necessidade de cobranças de pênaltis. Para chegar às semifinais, o Atlético-MG teve dois empates contra a Lusa nas oitavas-de-final e dois empates contra o Fluminense nas quartas-de-final.

No primeiro tempo, apesar de ter o domínio da partida, o São Paulo não teve objetividade no ataque e levou pouco perigo ao gol de Velloso. O gol acabou saindo somente aos 39min. Marcelinho cobrou falta da direita e colocou a bola na cabeça do zagueiro Rogério Pinheiro, que tocou para o gol.

No segundo tempo, o São Paulo seguiu pressionando, mas sem conseguir finalizar com perigo. Com a entrada de França no lugar de Edu, o ataque ganhou mais mobilidade. Mas foi o volante Fabiano, que entrou no lugar de Raí, que acabou virando a história do jogo.

Já aos 45min do segundo tempo, Fabiano deu passe de calcanhar para Carlos Miguel, que também entrou no segundo tempo. O meia saiu na cara de Velloso e só teve o trabalho de tocar, na saída do goleiro.

Um minuto depois, Marcelinho deu um chute cruzado da esquerda e Velloso espalmou. No rebote, Fabiano marcou de cabeça o terceiro gol do São Paulo e fechou o placar.

SÃO PAULO 3 X 0 ATLÉTICO-MG

SÃO PAULO

Rogério; Belletti, Edmílson, Rogério Pinheiro e Fábio Aurélio; Vágner, Alexandre, Marcelinho e Raí (Fabiano); Edu (França) e Sandro Hiroshi (Carlos Miguel)
Técnico: Levir Culpi

ATLÉTICO-MG
Velloso; Bruno, Gilberto Silva, Márcio e Ronildo (Irênio); Gallo, Cleison, Ramon (André) e Lincoln; Marques e Guilherme
Técnico: Márcio Araújo

Local: Morumbi, em São Paulo
Juiz: Oscar Roberto Godoi
Renda e público: não divulgados
Cartões amarelos: Lincoln, Márcio e Guilherme (A); Alexandro (SP)
Gols: Rogério Pinheiro, aos 44min do primeiro tempo, Carlos Miguel, aos 44min, e Fabiano, aos 46min do segundo

Leia mais sobre esporte na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página