Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
02/07/2000 - 20h24

São Paulo empata e fará final inédita da Copa do Brasil

Publicidade

da Folha Online

Ormuzd Alves

Marcelinho comemora gol

O São Paulo aproveitou-se da grande vantagem que conseguiu na primeira partida contra o Atlético-MG _3 a 0, em São Paulo_ para conseguir pela primeira vez em sua história uma vaga nas finais da Copa do Brasil, mesmo com o empate por 3 a 3 com a equipe mineira, neste domingo (2), em Belo Horizonte.

O time do técnico Levir Culpi fará as finais contra o Cruzeiro, que neste domingo classificou-se com um empate por 2 a 2 contra o Santos, na Vila Belmiro. O primeiro jogo está marcado para quarta-feira (5), no Morumbi. A partida de volta será no sábado, no Mineirão.

Apesar da vantagem, o São Paulo, que contou com grande atuação de Marcelinho, autor dos três gols do time, não jogou na defesa neste domingo. A primeira chance gol do time paulista saiu logo aos 15 segundos de partida.

Belletti levou a bola à linha de fundo e cruzou. A bola passou por Velloso, mas Edu, do São Paulo, não conseguiu chegar a tempo para fazer o gol.

O São Paulo abriu o placar aos 9min. Fábio Aurélio tocou da esquerda para França, o jogador abriu as pernas e deixou a bola passar até Marcelinho, que recebeu na entrada da área, passou por um zagueiro e pelo goleiro Velloso e tocou para fazer São Paulo 1 a 0.

Os mineiros chegaram ao empate aos 18min, numa cabeçada de Guilherme, completando cruzamento da esquerda de Ronildo, que encobriu o goleiro Rogério, adiantado.

Mesmo jogando fora de casa, o São Paulo esteve melhor em todo o primeiro tempo, com boas tabelas entre Marcelinho, França e Raí.

O Atlético-MG voltou para o segundo tempo mais determinado. Aos 17min, o time passou à frente no placar em uma jogada muito parecida coma do primeiro gol. Desta vez, Caíco cruzou da direita para Guilherme novamente encobrir Rogério, tocando de cabeça.

Aos 31min, Carlos Miguel, que entrou no segundo tempo entrou pela esquerda da área, puxando a marcação de três atleticanos, e tocou para Marcelinho, que sozinho tocou no canto direito de Velloso e empatou em 2 a 2.

O Atlético-MG passou a frente novamente com um de Ramón, que recebeu toque de calcanhar de Guilherme, aos 36min.

Mas o São Paulo chegou ao empate novamente aos 39min, com um "inspirado" de Marcelinho. Depois de bola rebatida dentro da área atleticana, o jogador driblou Velloso e deu um toque sutil para fechar o placara em 3 a 3.

Leia mais sobre esporte na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página