Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/06/2001 - 21h15

São Paulo 'malandro' se vinga do Sport e garante vaga nas semifinais

Publicidade

da Folha Online

O São Paulo foi além das pretensões do técnico Nelsinho Baptista na noite de hoje e, fazendo uso da tal "malandragem" pedida pelo treinador, goleou o Sport por 5 a 0, no estádio Almeidão, em João Pessoa.

O resultado põe o time paulista nas semifinais da Copa dos Campeões, competição que classifica o vencedor para a Taça Libertadores da América-2002, façanha que o clube persegue há sete anos. O adversário será o vencedor do confronto entre Coritiba e Corinthians.

Com a vitória, o time do Morumbi também se vinga dos rivais nordestinos, que haviam eliminado a equipe na edição do ano passado.

O volante defensivo Fábio Simplício, que no time de Nelsinho está substituindo o veterano meia Leonardo na armação das jogadas, fez o primeiro gol. Luis Fabiano, Jean e França (2) completaram o placar.

Antes da partida, o técnico são-paulino havia pedido aos seus jogadores para serem "malandros" em campo e que fizessem uso da vantagem obtida no jogo anterior, em Maceió. Na ocasião, o São Paulo venceu por 4 a 2 e podia perder por até um gol que avançaria.

O jogo

O primeiro tempo começou com os pernambucanos pressionando os são-paulinos. Aos 9min, o lateral-esquerdo Dutra recebeu passe na entrada da área e chutou forte, no ângulo, mas Rogério Ceni fez a primeira de uma série de grandes defesas no jogo.

Na primeira chance de ataque que teve, o São Paulo abriu o placar. Aos 21min, Gustavo Nery foi lançado sem marcação pela esquerda, invadiu a área e chutou cruzado; Simplício, de frente para o gol, só teve o trabalho de completar.

A melhor chance do Sport ainda na etapa inicial aconteceu aos 40min. Valdo cobrou falta na entrada da área, e Rogério defendeu no canto esquerdo.

O roteiro do segundo tempo foi semelhante ao do primeiro. Os pernambucanos foram ao ataque, pressionaram, mas esbarraram na boa atuação de Rogério e na incopetência de seus atacantes, como aos 21min, quando Rodrigo Gral recebeu na área, se livrou da marcação e, com Rogério já caído, arrematou na trave esquerda.

O segundo gol são-paulino aconteceu aos 35min, novamente em uma jogada de Gustavo Nery pela ponta esquerda. O lateral cruzou na área para Luis Fabiano, de frente para o gol, marcar.

Cinco minutos depois, o zagueiro Jean arrancou em jogada individual pela ponta direita, invadiu a área e tocou na saída do goleiro Nei.

O atacante França ainda fez mais dois gols, aos 43 e 45min. Primeiro ele completou um cruzamento da direita, depois aproveitou um passe na entrada da área e chutou na saída de Nei para fechar o placar.

SPORT
Nei; Saulo (Saulo), Erlon, Sandro Blum (Eduardo Marques) e Dutra; Axel, Leomar, Ricardinho e Valdo; Rodrigo Gral e Leonardo
Técnico: Júlio Espinosa

SÃO PAULO
Rogério; Reginaldo Araújo, Wilson, Jean e Gustavo Nery; Douglas, Alexandre, Fábio Simplício (Fabiano) e Carlos Miguel (Souza); Luis Fabiano e França
Técnico: Nelsinho Baptista

Local: estádio Almeidão, em João Pessoa;
Juiz: Wagner Tardelli (RJ);
Cartões amarelos: Jean, Gustavo Nery e Douglas (SP);
Renda e público: não divulgados;
Gols: Fábio Simplício, aos 21min do primeiro tempo; Luis Fabiano, aos 35min, Jean, aos 40min e França, aos 43min e 45 do segundo tempo
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página