Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
22/07/2000 - 18h04

De virada, Sport elimina São Paulo e vai à final

Publicidade

da Folha Online

De virada, o Sport venceu o São Paulo por 3 a 1, neste sábado, pelo segundo jogo das semifinais da Copa dos Campeões _torneio classificatório para a Taça Libertadores da América_, em João Pessoa, e garantiu uma vaga na final contra o Palmeiras, que eliminou o Flamengo nos pênaltis.

No primeiro jogo, na última quarta-feira (19), em Maceió, o São Paulo ganhou por 2 a 1. O time paulista tinha a vantagem do empate, vencia por 1 a 0, mas permitiu a virada da equipe pernambucana no segundo tempo.

O São Paulo começou a partida jogando melhor, com mais movimentação no meio-campo e variações de jogadas, explorando a velocidade de Marcelinho e as subidas do lateral-direito Belletti.

Em uma delas, aos 16min, o time paulista abriu o placar. Belletti cruzou da direita, e o atacante Ilan cabeceou na trave; no rebote, Marcelinho marcou. Na comemoração, o meia-atacante _natural de Campina Grande_ exibiu uma camiseta com a frase "Paraíba, eu te amo".

Três minutos depois, o São Paulo perdeu outra chance de gol. Carlos Miguel entrou livre na área pela esquerda e rolou para Ilan, que chutou rasteiro, no canto direito. O goleiro fez boa defesa.

O Sport empatou a partida aos 40min. O meia Adriano, ex-São Paulo, recebeu passe de Nildo na área, ganhou de Fábio Aurélio e chutou sem defesa para Rogério.

No segundo tempo, o Sport trocou a dupla de ataque; Marquinhos entrou no lugar de Sandro Gaúcho, e Almir, na vaga de Leonardo. As alterações deram mais mobilidade e poder ofensivo ao time pernambucano, que dominou quase toda a segunda etapa.

Aos 7min, Marquinhos tocou para Russo, que chutou forte da entrada da área, mas o goleiro Rogério fez boa defesa.

O segundo gol do Sport aconteceu aos 13min. Almir roubou a bola na intermediária e tocou para Adriano; o meia entrou livre na área, driblou Rogério e fez 2 a 1.

Depois do gol, os jogadores dos dois times começaram a demonstrar nervosismo e a abusar das jogadas violentas. Aos 25min, o lateral Fábio Aurélio deu um carrinho em Nildo e foi expulso. Na sequência, Juninho Rodrigues fez falta na entrada da área em Souza, que entrou no lugar de Axel, e também foi expulso.

Aos 30min, o zagueiro Álvaro tocou a mão na bola dentro da área, e o juiz Antonio Pereira da Silva marcou pênalti. Na cobrança, Nildo chutou forte no canto esquerdo, e Rogério defendeu.

O Sport continuou pressionando e aos 34min marcou o gol da vitória. Russo cruzou da direita, Adriano ajeitou de cabeça e Marquinhos fez 3 a 1.

SÃO PAULO 1 x 3 SPORT

SÃO PAULO
Rogério; Belletti, Álvaro, Rogério Pinheiro e Fábio Aurélio; Axel (Souza), Alexandre, Carlos Miguel (Fabiano) e Raí; Marcelinho e Ilan (Edu)
Técnico: Levir Culpi

SPORT
Bosco; Russo, Érlon, Márcio e Juninho Rodrigues; Leomar, Sidney, Nildo e Adriano (Rosivaldo); Leonardo (Almir) e Sandro Gaúcho (Marquinhos)
Técnico: Emerson Leão

Local: estádio Almeidão, em João Pessoa
Juiz: Antônio Pereira da Silva (GO)
Renda e público: não divulgados
Cartões amarelos: Alexandre, Fabiano e Marcelinho (SP); Nildo e Juninho Rodrigues (S)
Cartões vermelhos: Fábio Aurélio e Juninho Rodrigues
Gols: Marcelinho, 16min, e Adriano, 38min do primeiro tempo; Adriano, aos 12min, e Marquinhos, aos 36min do segundo tempo

Leia mais sobre esporte na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página