Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
11/10/2001 - 16h59

Grêmio arranca empate no Morumbi e agrava crise do São Paulo

Publicidade

da Folha Online

O São Paulo finalmente voltou a marcar um gol, mas não conseguiu acabar com o jejum de vitórias _agora são cinco jogos, sendo um pela Copa Mercosul. Na tarde de hoje, no Morumbi, o time apenas empatou em 1 a 1 com o Grêmio, que jogou sem oito titulares, e perdeu a chance de voltar à zona de classificação do Brasileiro-01. O resultado pode inclusive culminar com a saída do técnico Nelsinho Baptista.

Júlio Baptista fez o gol dos anfitriões, enquanto Leandro marcou o dos visitantes. Com o resultado, os paulistas chegaram aos 25 pontos e assumiram a 11ª posição. Os gaúchos, com 26, subiram para o nono lugar. Confira os melhores lances.

A partida começou bastante movimentada. Logo aos 6min, o São Paulo ganhou uma disputa no meio-campo e puxou o contra-ataque. França deu um belo toque de calcanhar para Leonardo, que cruzou da esquerda. Luís Fabiano tocou de primeira, Danrlei espalmou, e Júlio Baptista aproveitou o rebote para abrir o placar.

Depois do gol, o time gaúcho foi para cima e começou a pressionar. Em um lance perigoso, Belletti evitou o empate em cima da linha. Mas aos 23min, a defesa são-paulina parou no cruzamento de Rodrigo Mendes e Leandro, sozinho no segundo pau, marcou de cabeça.

A equipe paulista teve outras duas boas oportunidades para ficar novamente à frente no placar ainda no primeiro tempo, mas Júlio Baptista e Carlos Miguel, este com o gol aberto, falharam na conclusão.

Na segunda etapa, as duas equipes caíram muito de rendimento. Nervoso, o São Paulo, que nos primeiros 45 minutos não recebeu nenhum cartão, começou a cometer várias faltas e cinco jogadores foram advertidos com cartão.

O Grêmio também abusou do jogo violento e tirou dois adversários da partida. O zagueiro Wilson e o meia Leonardo, que fraturou o nariz após receber uma cotovelada do lateral-direito Ânderson Lima, precisaram ser substituídos.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Belletti, Emerson, Wilson (Reginaldo) e Lino; Alexandre, Fábio Simplício, Júlio Baptista e Leonardo; França e Luís Fabiano
Técnico: Nelsinho Baptista

GRÊMIO
Danrlei; Pedrinho, Polga e Roger; Ânderson Lima, Gavião, Emerson, Guilherme e Fabio de los Santos; Rodrigo Mendes e Leandro
Técnico: Tite

Local: Morumbi, em São Paulo
Juiz: Luciano Augusto Almeida (DF)
Cartões amarelos: Belletti, Carlos Miguel, Fábio Simplício, Reinaldo, Reginaldo (S); Ânderson Lima, Danrlei, Emerson, Fabio de los Santos, Polga e Leandro (G)
Gols: Júlio Baptista, aos 6min, e Leandro, aos 23min do primeiro tempo

Leia mais sobre o Brasileiro:

  • Home

  • Artilheiros

  • Classificação

  • Regulamento

  • Calendário

  • Campeões

  • Curiosidades

  • História

  • Grupos de discussão

  • Divirta-se

  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página