Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/11/2001 - 17h56

São Paulo bate Botafogo e começa atingir meta traçada por Nelsinho

Publicidade

da Folha Online

Com uma boa apresentação, o São Paulo aumentou consideravelmente as suas chances de classificação ao bater por 3 a 1 o Botafogo-RJ hoje à tarde, no estádio do Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Confira os melhores lances desta partida.

Com o resultado, o time paulista começou a atingir a meta estipulada pelo técnico Nelsinho Baptista -vencer os três jogos em casa dos cinco restantes- e vai a 37 pontos ganhos em 23 jogos, assumindo provisoriamente a 6ª colocação na classificação.

A equipe carioca, por sua vez, após esboçar uma reação na competição, permanece com 26 pontos e segue ameaçado pelo fantasma do rebaixamento.

Os gols são-paulinos foram marcados por Luís Fabiano, que voltou a ser titular após quatro jogos amargando a reserva, aos 36min do primeiro tempo e aos 18min do segundo, e por Reginaldo Araújo, aos 45min da etapa inicial. Dodô descontou de pênalti aos 46min do segundo tempo.

Depois de um início de jogo equilibrado, com as duas equipes revesando-se nas jogadas ofensivas, o São Paulo, aos poucos, começou a se aproveitar dos espaços deixado pelos botafoguenses e passou a levar perigo à meta de Wágner em velozes contra-ataques.

Em um destes lances, o time carioca cedeu o escanteio que originou o primeiro gol são-paulino. Aos 36min, Adriano bateu o tiro de canto pela direita, Émerson escorou para trás no primeiro pau e Luís Fabiano meteu a cabeça, pelo meio da pequena área, para fazer 1 a 0.

Abalado pelo gol, o Botafogo perdeu-se em campo e permitiu que o São Paulo dominasse a partida. Aos 45min, em um rápido contra-ataque, Fábio Simplício, em tarde inspirada, enfiou na medida para Reginaldo Araújo, que, livre pela direita, chutou rasteiro na saída de Wágner para ampliar o marcador.

A etapa complementar começou em ritmo lento, com as duas equipes cadenciando o ritmo de jogo. O Botafogo tentou pressionar de forma desordenada e voltou a repetir os erros do primeiro tempo, cedendo espaços para os contra-ataques.

Em uma falha individual do zagueiro Fabiano, o São Paulo ampliou o placar aos 18min. Kaká roubou a bola no meio do jogador botafoguense, avançou e tocou na medida para Luís Fabiano, que colocou no canto esquerdo da meta de Wágner.

O time do técnico Abel Braga sentiu de vez mais este golpe e não teve forças para sequer tentar uma reação. Desta forma, as chances de gols da equipe paulista foram se sucedendo, com o goleiro Wágner aparecendo com destaque em várias ocasiões e evitando a goleada.

Aos 45min, em um lance infantil, Émerson segurou Cláudio na área e cedeu o pênalti que originou o gol de honra dos cariocas. Dodô bateu bem, colocado no canto esquerdo da meta de Rogério Ceni, e diminuiu.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Reginaldo Araújo, Émerson, Júlio Santos e Gustavo Nery; Fábio Simplício, Maldonado, Adriano (Júlio Batista) e Kaká; Luís Fabiano (Dill) e França (Sandro Hiroshi)
Técnico: Nelsinho Baptista

BOTAFOGO-RJ
Wagner; Dênis, Fabiano e Andrei; Leonardo, Leandro Ávila, Júnior, Daniel (Cláudio) e Leonardo Inácio; Artur (Taílson) e Dodô
Técnico: Abel Braga

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Juiz: Alício Pena Júnior (MG)
Gols: Luís Fabiano, aos 36min, e Reginaldo Araújo, aos 45min do primeiro tempo. Luís Fabiano, aos 18min, e Dodô, de pênalti, aos 46min do segundo
Amarelos: Maldonado, Kaká, Émerson e Júlio Santos (S); Andrei e Júnior (B)

Leia mais sobre o Brasileiro:

  • Home

  • Artilheiros

  • Classificação

  • Regulamento

  • Calendário

  • Campeões

  • Curiosidades

  • História

  • Grupos de discussão

  • Divirta-se


  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página