Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
09/08/2000 - 22h29

Na estréia de Edmundo, Santos empata com o São Paulo

Publicidade

da Folha Online

Santos e São Paulo empataram em 1 a 1, na noite desta quarta-feira (9), na Vila Belmiro. O primeiro clássico paulista da Copa João Havelange marcou a estréia do atacante do Edmundo, que teve atuação discreta.

O centroavante Dodô abriu o placar, e volante Fábio Simplício igualou o placar em uma falha da zaga santista.

O técnico Levir Culpi não pôde contar com Álvaro, Fábio Aurélio, Fabiano e Edu, convocados para a seleção olímpica, e Maldonado, chamado para a equipe nacional do Chile. Então, optou por uma formação defensiva, com três volantes: Axel, Fábio Simplício e Alexandre.

Mais ágil, o Santos dominou o primeiro tempo, principalmente com a boa movimentação de Edmundo, Renato e Robert.

Dos pés do último, saíram as melhores jogadas ofensivas. Aos 8mim, Robert bateu falta para Edmundo finalizar para fora. Aos 16mim, o meia lançou Dodô, que, livre, chutou para fora.

O Santos foi aumentando a pressão, enquanto o São Paulo não conseguia criar uma jogada de perigo. Os atacantes do time da capital, França e Marcelo Ramos, isolados, pouco conseguiam fazer contra os zagueiros adversários.

Em outra boa jogada de Robert, o time abriu o placar na Vila Belmiro. Aos 29min, lançou Renato, que serviu Dodô. O atacante dessa vez não perdeu a oportunidade e marcou seu terceiro gol no torneio.

Sem força ofensiva, o São Paulo só conseguiu sua primeira finalização aos 34min, num chute de Axel, mas sem perigo algum.

Em desvantagem no placar, Culpi, alterou a equipe. Colocou o meia Carlos Miguel no lugar do volante Alexandre. A alteração surgiu efeito.

O São Paulo começou dominando o segundo tempo. Aos 3min, França sofreu pênalti, mas o juiz não marcou. O atacante se contundiu no lance e não retornou mais à partida, sendo substituído por Ilan.

Três minutos depois, a equipe chegou ao empate. Fábio Simplício aproveitou falha do lateral Rubens Cardoso e marcou seu primeiro gol na Copa João Havelange.

O Santos não conseguia repetir sua boa atuação do primeiro tempo. Edmundo, cansado e bem marcado, já não preocupava a defesa do São Paulo.

A partir da segunda metade do segundo tempo, as melhores chances de gol foram da equipe da capital. Aos 32min, Ilan finalizou na trave, e o lateral Belletti perderia mais uma chance no final da partida.

SANTOS
Pitarelli; Michel, Preto, Claudiomiro e Rubens Cardoso (Eduardo Marques); Ânderson (Valdo), Renato, Rincón e Robert (Júlio César); Edmundo e Dodô
Técnico: Giba

SÃO PAULO
Rogério; Beletti, Edmílson, Rogério Pinheiro e Gustavo Nery; Alexandre Carlos Miguel), Axel, Fábio Simplício e Souza; França (Ilan) e Marcelo Ramos
Técnico: Levir Culpi

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Juiz: Alfredo Santos Loebeling (SP)
Renda e público: não divulgados
Cartões Amarelos Claudiomiro (S), R. Cardoso (S), Belletti (SP), Axel (SP) e Gustavo Nery (SP)
Gols: Dodô, aos 29min do primeiro tempo e Fábio Simplício, aos 6min do segundo tempo

Leia mais sobre a Copa João Havelange

Leia mais sobre esporte na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página