Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
17/04/2002 - 23h44

São Paulo goleia Vasco e está na semifinal da Copa-BR

Publicidade

ALEC DUARTE
da Folha Online

O São Paulo conseguiu seu duplo objetivo: 'vingou' a derrota de 1 a 0 sofrida na partida de ida para o Vasco e se classificou à semifinal da Copa do Brasil, quando enfrentará o Corinthians. Com uma ótima atuação, o São Paulo goleou o adversário por 4 a 0, hoje, no Morumbi, sem dar chance o rival.

A partida esteve ameaçada. Ao chegar no estádio do Morumbi, a delegação do Vasco foi agredida verbalmente por torcedores são-paulinos dentro dos vestiários e reclamou da falta de segurança. O supervisor do clube, Isaías Tinoco, ameaçou não colocar a equipe em campo.

A confusão só foi contornada quando o o Batalhão de Choque da Polícia Militar garantiu toda segurança aos vascaínos.

Quando as equipes entram em campo, o São Paulo mostrou desde o início que não estava disposto a dar a menor chance ao adversário. Precavido, o técnico Evaristo de Macedo escalou o Vasco com três defensores e seis jogadores no meio-de-campo, isolando o ataque apenas com Romário.

O São paulo então partiu para o ataque. Com 11min, Souza arriscou um chute da entrada da área e o goleiro Helton aceitou. Com a vantagem no placar, o São Paulo se sentiu fortalecido e continuou atacando.

O Vasco teve apenas uma chance, em um chute de Romário, que a zaga do São Paulo afastou depois de Roger, o substituto de Rogério Ceni, estar completamente batido.

No resto da etapa inicial, o São Paulo dominou totalmente. Kaká quase marcou por cobertura, aos 17min, enquanto Belletti acertou a trave de Helton, dois minutos depois, com um chute forte da entrada da área. Aos 25min, houve um lance duvidoso: Kaká entrou na área vascaína e foi derrubado por João Carlos. O árbitro Carlos Eugênio Simon considerou o lance normal.

Aos 39min, a situação se complicou ainda mais para o Vasco. O zagueiro Géder acertou uma entrada criminosa em Júlo Baptista e foi expulso. Com um jogador a menos, o Vasco recuou ainda mais e não teve forças para segurar a pressão do adversário. Kaká, aos 45min, acertou um belo chute da entrada da área e aumentou a vantagem do São Paulo. Era o resultado que a equipe de Nelsinho Baptista precisava para se classificar às semifinais.

O segundo tempo foi praticamente um treino para o São Paulo. Com Romário parado em seu ataque, a equipe carioca não teve força ofensiva e praticamente se entregou ao adversário. O São Paulo criou inúmeras chances para marcar e fez dois gols em 15 minutos.

Aos 9min, Gabriel cruzou da direita e Belletti, impedido, marcou de cabeça. Aos 15min, Reinaldo aproveitou a falha da defesa do Vasco e marcou o quarto gol do São Paulo.

SÃO PAULO
Roger; Gabriel, Jean, Émerson e Gustavo Nery; Maldonado, Belletti, Souza e Kaká; Reinaldo (Dill) e Júlio Baptista
Técnico: Nelsinho Baptista

VASCO
Hélton, Leonardo Valença, Geder e João Carlos; Leonardo, Donizete Oliveira (Gomes), Jamir, Léo Lima, André Ladaga (André Leoni) e Felipe (Alex Oliveira); Romário
Técnico:Evaristo de Macedo

Gols: Souza, aos 11min, e Kaká, aos 45min da etapa inicial; Belletti, aos 9min, e Reinaldo, aos 15min da etapa final
Juiz: Carlos Eugênio Simon (RS)
Cartões amarelos: Jamir, Donizete Oliveira, Maldonado, Felipe
Cartão vermelho: Géder
Local: estádio do Morumbi

Saiba tudo sobre a Copa do Brasil:


 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página