Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/08/2000 - 10h28

Hakkinen vence no final e aumenta vantagem na liderança da F-1

Publicidade

da Folha Online

France Presse

Hakkinen continua como líder
O piloto Mika Hakkinen, da McLaren, venceu hoje o GP da Bélgica de F-1, no circuito de Spa-Francorchamps. Com o resultado, o finlandês aumentou sua vantagem sobre o alemão Michael Schumacher na classificação. Agora Hakkinen está com 74 pontos, seis a mais que o piloto da Ferrari.

A corrida foi definida faltando três voltas para o final. Schumacher estava em primeiro, mas Hakkinen fez uma ultrapassagem fantástica e garantiu a liderança.

Rubens Barrichello, que largou na décima posição, estava em quarto quando acabou o combustível de sua Ferrari, a 11 voltas do final da corrida.

Os outros dois brasileiros, Pedro Paulo Diniz, da Sauber, e Ricardo Zonta, da BAR, terminaram em 11º e 12º, respectivamente.

A chuva que caiu antes do início da prova deixou a pista úmida, fazendo com que a maioria dos pilotos optassem pelos pneus de chuva.

Mas já na sexta volta eles tiveram que entrar nos boxes para colocarem os pneus de pista seca.

Schumacher liderava a prova desde a 28ª volta. Hakkinen abaixa a diferença até que, na 40ª, enconstou no alemão.

Na volta seguinte, enquanto Schumacher passava por Zonta, que tinha uma volta a menos, o finlandês aproveitou e ultrapassou os dois de forma sensacional. Naquele momento, Hakkinen garantiu a liderança da prova e do Mundial de pilotos.

Confira as posições do GP da Bélgica:

1. Mika Hakkinen (FIN/McLaren)
2. Michael Schumacher (ALE/Ferrari)
3. Ralf Schumacher (ALE/Williams)
4. David Coulthard (ESC/McLaren)
5. Jenson Button (ING/Williams)
6. Heinz-Harald Frentzen (ALE/Jordan)
7. Jacques Villeneuve (CAN/BAR)
8. Johnny Herbert (ING/Jaguar)
9. Mika Salo (FIN/Sauber)
10. Eddie Irvine (ING/Jaguar)
11. Pedro Paulo Diniz (BRA/Sauber)
12. Ricardo Zonta (BRA/BAR)

13. Alexander Wurz (AUT/Benetton)
14. Marc Gene (ESP/Minardi)
15. Jos Verstappen (HOL/Arrows)
16. Pedro De La Rosa (ESP/Arrows)
17. Gaston Mazzacane (ARG/Minardi)

Não completaram a prova:

Rubens Barrichello (BRA/Ferrari)
Jean Alesi (FRAProst)
Nick Heidfeld (ALE/Prost)
Giancarlo Fisichella (ITA/Benetton)
Jarno Trulli (ITA/Jordan)

Leia mais:

Confira como foi, volta-a-volta, o GP da Bélgica

Veja como está a classificação de pilotos no Mundial de F-1

Vitória de Hakkinen faz McLaren ampliar vantagem sobre Ferrari

Barrichello tenta esconder que carro parou por falta de combustível

Hakkinen enaltece vitória e Schumacher diz que ultrapassagem era inevitável

Leia mais sobre esporte na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página