Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
07/09/2002 - 18h00

São Paulo decepciona e perde a segunda partida seguida

Publicidade

da Folha Online

Em uma atuação decepcionante, o São Paulo sofreu a sua segunda derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro _a terceira no total_, hoje, 3 a 0 para o São Caetano, no Estádio Anacleto Campanella, no ABC. Pior: a equipe são-paulina manteve o tabu de nunca ter marcado gol nos jogos contra o São Caetano e caiu para a quarta posição no torneio em que já foi líder.

O time do técnico Oswaldo sentiu a ausência do atacante Luís Fabiano, suspenso, e não conseguiu escapar da forte marcação do São Caetano. Leandro, o substituto de Luís Fabiano, praticamente não participou do jogo e foi vaiado pelos torcedores são-paulinos quando foi substituído aos 40min da etapa final por Oliveira.

Como de costume, o técnico Mário Sérgio fez mistério sobre a escalação do São Caetano até momentos antes da partida para tentar surpreender o adversário. Quanto entrou em campo, a equipe do ABC apresentou um esquema com três zagueiros _com Daniel exercendo a função de líbero_ e cinco meio-campistas.

Mário Sérgio apostou na marcação individual sobre os principais jogadores do rival. Os atacantes Leandro e Reinaldo eram marcados por Dininho e Serginho, respectivamente, enquanto Magrão perseguia Kaká de perto.

Sem liberdade, o São Paulo teve muita dificuldade para se encontrar no primeiro tempo e criou poucas chances para marcar. O São Caetano tentou explorar o ponto fraco do adversário, as jogadas aéreas, e foi melhor na maioria dos lances.

Aos 17min, Ricardinho levantou a bola na área do São Caetano, Jean desviou e a bola ainda tocou em Leandro, passando perto da trave de Silvio Luiz.

O São Paulo ainda teve outra grande chance para marcar. Aos 34min, Leandro ajeitou de cabeça para Kaká, que chutou forte de fora da área. Silvio Luiz, bem colocado, evitou o gol são-paulino.

Mas o São Caetano foi mais eficiente. Aos 37min, Adhemar cobrou escanteio da esquerda e Magrão se antecipou ao goleiro Roger dentro da pequena área, abrindo o placar de cabeça. Seis minutos depois, em outra cabeçada, Claudecir perdeu a chance de ampliar, também de cabeça. O São Caetano garantia a vitória no primeiro tempo.

Para complicar ainda mais a situação da equipe, o São Paulo levou o segundo gol no começo da segunda etapa. Fábio Santos fez boa jogada pela direita e cruzou para a área. Rafael afastou parcialmente e Ricardinho recuou a bola nos pés de Adhemar, que ajeitou para o chute forte de Marco Aurélio _que havia entrado no lugar de Anaílson no intervalo. Ele chutou de esquerda, cruzado, sem chance de defesa para Roger.

O São Paulo tentou inutilmente chegar ao empate, mas o São Caetano ainda teve tempo para ampliar o placar. Aos 48min, Claudecir avançou livre pela esquerda e chutou forte, vencendo o goleiro Roger.

SÃO CAETANO
Sílvio Luiz; Daniel, Dininho e Serginho; Claudecir, Magrão, Adãozinho, Marlon e Fábio Santos (Irinei); Anaílson (Marco Aurélio) e Adhemar.
Técnico: Mário Sérgio

SÃO PAULO
Roger; Rafael (Gabriel), Jean, Régis e Gustavo Nery; Maldonado, Fábio Simplício (Júlio Baptista), Ricardinho e Kaká; Reinaldo e Leandro (Oliveira)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Local: estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Juiz: Romildo Correa (SP)
Cartões amarelos: Fábio Santos, Gustavo Nery, Daniel, Marco Aurélio e Fábio Simplício
Gols: Magrão, aos 37min do primeiro tempo; Marco Aurélio, aos 10min e Claudecir, aos 48min da etapa final

Leia mais: Campeonato Brasileiro

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página