Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/10/2002 - 22h30

Com melhor ataque e pior defesa do G-8, São Paulo vence Coritiba

da Folha Online

O ataque do São Paulo, o melhor do Campeonato Brasileiro, novamente funcionou na vitória sobre o Coritiba, por 3 a 1, hoje, no estádio do Morumbi. Com 32 gols marcados no torneio, o poderoso ataque são-paulino contrasta com sua defesa, que já levou 24 gols até agora, a pior entre o os oito primeiros colocados.

O resultado foi ótimo para o São Paulo, que chegou aos 28 pontos na competição e está em terceiro lugar, atrás de São Caetano e Juventude, respectivamente

Com dores na coxa direita, Kaká foi poupado da partida depois de um teste nos vestiários. Júlio Baptista foi escalado em seu lugar.

Mas, pelo menos no início, o São Paulo mostrou que não sentiria muito a ausência de seu principal jogador. Logo aos 5min, Fábio Simplício encontrou Reinaldo completamente livre na esquerda. Ele se livrou da marcação de Pícoli e tocou por baixo do goleiro Fernando, abrindo o placar.

Foi o oitavo gol de Reinaldo, que divide a artilharia do São Paulo no Brasileiro com Luís Fabiano. Reinaldo também é principal goleador da equipe na temporada, 28 gols.

Mas a impressão inicial se revelou absolutamente falsa na primeira etapa. O Coritiba logo equilibrou a partida e criou chances perigosas para empatar.

Aos 23min, Lúcio Flávio cobrou escanteio na cabeça de Edinho Baiano, que cabeceou raspando a trave de Rogério Ceni.

Dez minutos depois, aconteceu o lance mais bonito da partida. Lúcio Flávio recebeu a bola pouco depois da linha de meio-de-campo, se livrou de Maldonado com um toque rápido e bateu de primeira, percebendo o goleiro Rogério Ceni adiantado. A bola passou raspando a trave são-paulina.

O São Paulo também teve mais uma chance para marcar na etapa inicial, com Reinaldo, aos 35min, mas o goleiro Fernando fez ótima defesa.

O Coritiba voltou para o segundo tempo disposto a assustar. Logo aos 4min, Lúcio Flávio cobrou falta na cabeça de Lima, que testou para baixo. Rogério Ceni fez boa defesa.

Aos 22min, Fábio Simplício fez outra grande jogada e tocou para Reinaldo marcar o seu segundo gol na partida. Aos 36min, Reinaldo tocou para Jorginho Paulista, que ampliou o placar.

O Coritiba ainda diminuiu na cabeçada de Williams, aos 43min, após passe de Lúcio Flávio.

A noite poderia ter sido ainda melhor para Reinaldo. Aos 31min, ele arrancou de seu campo de defesa, driblou o goleiro do Coritiba mas escorregou na hora de finalizar e acabou acertando a trave.

SÃO PAULO
Rogério; Gabriel, Jean, Ameli e Jorginho Paulista; Maldonado, Fábio Simplício, Ricardinho e Júlio Baptista (Adriano); Reinaldo (Dill) e Luis Fabiano (Leandro)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

CORITIBA
Fernando; Reginaldo Araújo, Pícoli, Edinho Baiano e Adriano; Williams, Roberto Brum, Tcheco e Lúcio Flávio (Sérgio Manoel); Jabá e Lima (Fernando Melo)
Técnico: Paulo Bonamigo

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Juiz: Wagner Tardeli Azevedo (RJ)
cartões amarelos: Williams, Jean, Reinaldo, Edinho Baiano, Júlio Baptista e Jorginho Paulista
Gols: Reinaldo, aos 5min do primeiro tempo; Reinaldo, aos 22min, Jorginho Paulista, aos 36min da etapa final, e Williams, aos 43min da etapa final

Leia mais: Campeonato Brasileiro

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página