Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/02/2009 - 18h50

Com reservas, Palmeiras bate Paulista no Pacaembu e continua 100%

Publicidade

da Folha Online

Mesmo sem seus jogadores titulares, o Palmeiras venceu mais uma partida pelo Campeonato Paulista e manteve 100% de aproveitamento no torneio. A vitória deste sábado, por 1 a 0 sobre o Paulista, é a sétima em sete jogos na competição.

Os três pontos levam o time paulistano a 21, isolado na liderança da tabela. A diferença para o vice-líder agora é de quatro pontos, mas deve diminuir. Corinthians, com 17 pontos, e São Paulo, com 16, segundo e terceiro colocados, respectivamente, enfrentam-se neste domingo, no Morumbi.

No entanto, o Palmeiras ainda tem um jogo a menos que os concorrentes.

Elegendo seu Conselho Deliberativo no Parque Antactica neste sábado, o Palmeiras teve que mandar sua partida no Pacaembu.

Com os titulares concentrados no Equador, onde o time estreia na Libertadores contra a atual campeã, a LDU, Vanderlei Luxemburgo escalou praticamente apenas reservas. O técnico já havia optado por este recurso em 2009, quando poupou os principais jogadores para a partida contra o boliviano Real Potosí, na fase pré-Libertadores.

O Palmeiras demorou um pouco para se acertar em campo. Com dificuldades de armar, recorreu à mobilidade de sua dupla de ataque --Marquinhos e Lenny--, que saíam constantemente da área para buscar jogo. Resultado: chutes de longa distância e a falta de uma referência ofensiva para definir as jogadas.

Na segunda etapa, o Paulista voltou com uma postura mais aguerrida, ameaçando a meta de Marcos. A resposta veio em uma jogada veloz da equipe alviverde, aos 19min. Evandro resolveu o problema da falta de referência na área. Começou uma jogada e se apresentou na área para definir, tocando por cima do goleiro.

O time de Jundiaí não se contentou com o resultado negativo e pressionou. A partir dos 35min do segundo tempo, o Palmeiras recuou e deu espaço para o rival crescer. O Paulista criou boas oportunidades no final da partida, e chegou a acertar uma bola na trave, mas não fez o gol.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página