Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/09/2000 - 19h01

Em Brasília, São Paulo bate Gama e vence a primeira fora

Publicidade

da Folha Online

O São Paulo venceu o Gama hoje, em Brasília, por 3 a 1, pela Copa João Havelange e conquistou sua primeira vitória fora de casa na competição.

Com o resultado, o São Paulo continua sendo a equipe com menos pontos perdidos no torneio. Com 11 jogos disputados, chegou hoje a 22 pontos.

O primeiro tempo foi equilibrado, mas "morno". As duas equipes criaram poucas chances de gols, encerrando a etapa em 0 a 0.

No segundo tempo, o Gama voltou melhor, pressionando o São Paulo nos primeiros minutos de jogo. No entanto, teve o zagueiro Gérson expulso, após falta em Sandro Hiroshi.

O jogo se tornou mais equilibrado. Beto entrou no lugar de Pimentel e, após um cruzamento da esquerda de Sandro Hiroshi, abriu o placar para o São Paulo.

Após falha na zaga do São Paulo, que ainda não pôde contar com a estréia do paraguaio Ayala e jogou desfalcado de Rogério Pinheiro, o Gama empatou.

Aos 21min, Paulo Henrique lançou na área, João Marcelo escorou de cabeça para Romualdo que, também de cabeça, fez o gol do time brasiliense.

Mesmo com um jogador a menos, o Gama encontrou espaços na zaga desequilibrada do time paulista.

O São Paulo melhorou seu posicionamento no meio-campo e, aos 29min, Marcelo Ramos colocou o time novamente em vantagem.

Com a placar desfavorável, o Gama saiu para o ataque e possibilitou o contra-ataque do rival. Aos 36min, numa boa jogada individual, Sandro Hiroshi entrou pela esquerda e ampliou para 3 a 1.

O Gama ainda perdeu a oportuidade de diminuir a diferença com um pênalti defendido por Rogério Ceni, no último minuto de jogo.

GAMA
Nilson; João Marcelo, Gerson, Jairo (Abinael) e Rochinha; Gutemberg, Deda, Lindomar e Sérgio Soares; Romualdo e Juari
Técnico: Mauro Fernandes

SÃO PAULO
Rogério; Pimentel (Beto), Jean, Wilson e Gustavo Nery; Alexandre, Fábio Simplício, Carlos Miguel (Júlio Batista) e Souza; Sandro Hiroshi e Marcelo Ramos
Técnico: Levir Culpi

Local: estádio Mané Garrincha, em Brasília
Juiz: Antônio Pereira da Silva (GO)
Cartões amarelos: Jairo (G)
Cartão vermelho: Gérson (G)
Gols: Beto, aos 19min, Romualdo, aos 20min, M. Ramos, aos 29min, e Sandro Hiroshi, aos 35min do segundo tempo

Leia mais sobre a Copa João Havelange

Leia mais sobre esporte na Folha Online

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página