Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/12/2000 - 20h56

Vasco e Botafogo decidem Carioca de basquete

Publicidade

da Folha Online

Vasco e Botafogo começam nesta sexta-feira, às 20h30, no Maracanãzinho, a decidir o Campeonato Carioca masculino de basquete. A equipe vascaína tenta conquistar o único título que o atual elenco ainda não tem, enquanto o rival quer repetir o feito de 1991, última vez que a taça foi para General Severiano, quando derrotaram o Flamengo na final.

Pelo lado do Vasco, o armador Helinho reconhece que a série será muito difícil e que o Botafogo será um adversário complicado, principalmente porque vem empolgado pela boa campanha na primeira fase e pela vitória de 3 a 1 na séria melhor de cinco das semifinais.

Mesmo assim, ele sabe que o Vasco é muito forte e entrosado, pois atua junto há quase dois anos. Para Helinho, a união será fundamental para presentear a torcida com o título estadual.

"Este grupo foi formado há dois anos e já provou que é vitorioso. Mas sabemos que estamos devendo um título estadual para a torcida vascaína. Essa será a motivação extra que precisamos para encarar o Botafogo. Afinal, este é o único título que falta para essa equipe", afirmou.

Há jogadores no elenco, no entanto, que já provaram o gostinho do título estadual, em 1997, como Charles Byrd e Mingão. Depois de dois anos vendo o Flamengo conquistar o campeonato, os vascaínos esperam bater o Botafogo na final e levar a taça.

"Não tem mistério, o importante é entrar com a mesma determinação e seriedade que mostramos contra o Flamengo. Temos um grupo experiente e capaz de conquistar mais esse título. Infelizmente, no ano passado as coisas não deram certo porque tivemos muitas contusões e um desgaste muito grande que acabou prejudicando a equipe durante a semifinal contra o próprio Botafogo", ressaltou Mingão.

Na equipe alvinegra, o técnico Emmanuel Bonfim espera que os jogadores apresentem um pouco mais de atenção na final do que na semifinal, quando perderam a segunda partida para o Fluminense no momento decisivo.

Ele está bastante confiante na determinação do grupo e aposta na boa fase do armador Marcelinho para conquistar um título que não vai para General Severiano há nove anos. Naquela ocasião, o Botafogo derrotou o Flamengo na final e o técnico rubro-negro era justamente Bonfim.

No ano passado, Bonfim perdeu a final para o Flamengo, depois de surpreender o Vasco na semifinal, quando já era treinador do Botafogo. Pelo menos nas estatísticas, a história pode ser diferente este ano.

O Botafogo fez a melhor campanha da primeira fase _só perdendo uma partida_, e derrotou o Vasco duas vezes. Bonfim espera repetir essa campanha agora nas finais, e estar do lado vencedor.

"Acredito no grupo do Botafogo e acho que temos reais chances de levar o título. O time do Vasco é forte mas temos condições de vencer", comentou o treinador. (com Sportpress)

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página