Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
28/06/2006 - 08h30

Seu Creysson dá o tom de 1º "Casseta" sem Bussunda

Publicidade

da Folha Online

No "Casseta e Planeta!" desta terça-feira (27) o personagem Seu Creysson, de Cláudio Manoel, foi o que mais apareceu durante a atração, tendo participado de dois dos três blocos do programa. Ronaldo "Fofômeno" também deu as caras, mas em uma animação. Este foi o primeiro "Casseta" gravado com todos componentes desde a morte de Bussunda, em 17 de junho.

O primeiro bloco começou com Maria Paula, Marcelo Madureira, Hubert e Reinaldo parodiando a novela "Belíssima" com "Baleíssima". Nas edições anteriores, a abertura da piada contava com Bussunda deitado e girando no papel de uma modelo.

Fernando Donasci/FI
Para internautas, Seu Creysson (Claudio Manoel) deve ter mais destaque no "Casseta"
Para internautas, Seu Creysson (Claudio Manoel) deve ter mais destaque no "Casseta"
O tema futebolístico também esteve na piada aos hinos dos países da Copa, que começou com Arábia Saudita, Itália e México. O quadro deve se repetir na próxima semana, já que na última segunda-feira a equipe também gravou os "hinos" do Japão, Togo e França. Em seguida, Hélio de La Peña e Beto Silva entrevistaram brasileiros na Alemanha com perguntas de duplo sentido: "Você está se virando por aqui?".

Seu Creysson fechou o primeiro bloco em uma gravação feita na Alemanha. A aparição de Cláudio Manoel como o personagem que fala "errádiu" se repetiu no segundo bloco, no qual ele interagiu com outros "cassetas" na pele de anônimos, como a "mulher mais rodada das rodadas" e um torcedor bêbado.

No segundo bloco, além de Creysson, deram as caras "Gavião" Bueno (Hubert Aranha) e Maria Chuteira (Maria Paula). Cláudio Manoel retornou no último bloco, mas se fazendo de Carlitos Tevez. Na piada, o clone do craque argentino atuava como tradutor de alemão no país da Copa, já que sua fala seria tão indecifrável quanto a língua germânica.

Antes do término do programa houve uma animação, no estilo das charges da internet, em que "Ronaldo Fofômeno" (antes interpretado por Bussunda) atrapalhava a "gaiola dos canarinhos", numa alusão à concentração da seleção brasileira.

Leia mais
  • Saiba mais sobre Seu Creysson, do "casseta" Claudio Manoel

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Bussunda
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página