'Nomadland' leva principais prêmios do Critics' Choice Awards, prévia do Oscar

Nas categorias de TV, a Netflix, que já tinha mais indicações, continuou a dominar

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Após a polêmica edição de 2021 do Globo de Ouro, a temporada de premiações da indústria cinematográfica nos Estados Unidos continuou neste domingo (7) com a mais especializada e contida cerimônia do Critics’ Choice Awards, que concentra prêmios para cinema e TV concedidos pela associação de críticos dos Estados Unidos e do Canadá. A cerimônia foi apresentada pelo terceiro ano consecutivo pelo comediante Taye Diggs, em formato virtual.

O filme “Nomadland”, de Chloé Zhao, ganhou os principais prêmios da noite, o de melhor filme e melhor direção, assim como de melhor roteiro adaptado e melhor cinematografia. O líder de indicações, “Mank”, da Neflix, acabou levando apenas o prêmio de melhor design de produção, mas o serviço de streaming também levou prêmios por “Os 7 de Chicago” e “A Voz Suprema do Blues”, sendo o último responsável por uma consagração póstuma para o ator Chadwick Boseman.

Já nas categorias televisivas, a Netflix, que liderava o número total de indicações, levou a melhor em melhor série dramática e melhor minissérie, por “The Crown” e “O Gambito da Rainha”, respectivamente. As duas séries também receberam quatro prêmios nas categorias de atuação.

Entre duas telas, homem de paletó e cabeça de alce
Taye Diggs usa filtro de alce durante apresentação da cerimônia virtual do Critics' Choice Awards - Reprodução

O vencedor do prêmio de filme em língua estrangeira, “Minari”, é uma produção americana, que se encaixou na categoria por ter mais da metade de seus diálogos em coreano.

Zendaya, protagonista do filme "Malcolm & Marie", da Netflix, e da série "Euphoria", da HBO, ganhou um prêmio especial dedicado a carreiras de futuro promissor.

Confira os vencedores em todas as categorias:

Ator coadjuvante: Daniel Kaluuya, “Judas e o Messias Negro” (Warner Bros)

Atriz coadjuvante: Maria Bakalova, “Borat: Fita de Cinema Seguinte” (Amazon Studios)

Atriz coadjuvante em série de drama: Gillian Anderson, “The Crown” (Netflix)

Ator coadjuvante em série de drama: Michael K. Williams, “Lovecraft Country” (HBO)

Ator coadjuvante em minissérie: Donald Sutherland, “The Undoing” (HBO)

Atriz coadjuvante em minissérie: Uzo Aduba, “Mrs. America” (FX)

Ator ou atriz Jovem: Alan S. Kim, “Minari” (A24)

Ator em série de drama: Josh O’Connor, “The Crown” (Netflix)

Atriz em série de drama: Emma Corrin, “The Crown” (Netflix)

Atriz em minissérie: Anya Taylor-Joy, “O Gambito da Rainha” (Netflix)

Ator em minissérie: John Boyega, “Small Axe” (Amazon Prime Video)

Filme de comédia: “Palm Springs” (Hulu/Neon)

Especial de comédia: “Jerry Seinfeld: 23 Hours to Kill” (Netflix) & “Michelle Buteau: Welcome to Buteaupia” (Netflix)

Elenco: “Os 7 de Chicago” (Netflix)

Ator coadjuvante em série de comédia: Daniel Levy, “Schitt’s Creek” (Pop TV)

Atriz coadjuvante em série de comédia: Hannah Waddingham – “Ted Lasso” (Apple TV Plus)

Ator em série de comédia: Jason Sudeikis, “Ted Lasso” (Apple TV Plus)

Atriz em série de comédia: Catherine O’Hara, “Schitt’s Creek” (Pop TV)

Série de comédia: “Ted Lasso” (Apple TV Plus)

Série de drama: “The Crown” (Netflix)

Talk show: “Late Night with Seth Meyers” (NBC)

Minissérie: “O Gambito da Rainha” (Netflix)

Prêmio #SeeHer: Zendaya

Filme para TV: “Hamilton” (Disney Plus)

Série em fomato curto: “Better Call Saul: Ethics Training with Kim Wexler” (AMC)

Música: “One Night in Miami” (Amazon Studios), “Speak Now”

Direção: Chloé Zhao, “Nomadland” (Searchlight Pictures)

Cinematografia: Joshua James Richards, “Nomadland” (Searchlight Pictures)

Edição: “Sound of Metal” (Amazon Studios), “Os 7 de Chicago” (Netflix)

Efeitos visuais: “Tenet” (Warner Bros)

Cabelos e maquiagem: “A Voz Suprema do Blues” (Netflix)

Figurino: Ann Roth, “A Voz Suprema do Blues” (Netflix)

Design de produção: Donald Graham Burt, Jan Pascale, “Mank” (Netflix)

Melhor ator: Chadwick Boseman, “A Voz Suprema do Blues” (Netflix)

Roteiro original: “Bela Vingança” (Focus Features)

Roteiro adaptado: “Nomadland” (Searchlight Pictures)

Melhor filme em língua estrangeira: “Minari” (A24)

Trilha sonora: Jon Batiste, Trent Reznor, Atticus Ross, “Soul” (Pixar)

Melhor atriz: Carey Mulligan, “Bela Vingança” (Focus Features)

Melhor filme: “Nomadland” (Searchlight Pictures)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.