Yduqs pode fazer proposta concorrente mais vantajosa para aquisição do Grupo Laureate

Companhia tem até 13 de outubro para apresentar proposta; multa rescisória é de R$ 180 milhões

São Paulo

A Yduqs informou nesta segunda-feira (14) que acredita ter condições para apresentar uma proposta concorrente mais atraente do que a apresentada pela Ser Educacional para a compra do Grupo Laureate no Brasil, de R$ 4 bilhões.

A Ser Educacional anunciou proposta de compra da Laureate (dona da Anhembi Morumbi, FMU, UnP e Uniritter) no domingo (13), afirmando que o negócio criaria o 4º maior grupo de ensino superior do Brasil, com aproximadamente 450 mil alunos, mais de 100 campi universitários e de 500 polos de ensino a distância, com presença nos 26 Estados e no Distrito Federal.

Área do campus da faculdade Anhembi Morumbi, do Grupo Laureate, na Mooca
Área do campus da faculdade Anhembi Morumbi, do Grupo Laureate, na Mooca - Marcelo Justo - 8.mar.2018/Folhapress

Nos termos da transação, o Grupo Ser educacional ficaria com todas as operações da Laureate no Brasil, pagando R$ 1,7 bilhão em caixa no fechamento da transação e assumindo uma dívida estimada de R$ 623 milhões. A Laureate também receberia ações da nova companhia.

Ainda na proposta, o fundador do grupo Ser Educacional, Janguiê Diniz, ficaria com 32,1% das ações do capital social da Ser, continuando, portanto, a exercer seu direito de voto como acionista controlador.

A Yduqs tem até 13 de outubro para apresentar sua proposta, quando se encerra o prazo de “go shop” – período que permite que a Laurate solicite ou aceite, ativamente, propostas vinculantes apresentadas por terceiros e que seja melhor do que a oferecida pela Ser Educacional.

Em nota, a Yduqs afirmou que está aprofundando o entendimento dos referidos ativos e acredita ter condições de apresentar proposta concorrente mais atraente dentro do prazo estabelecido para o "go shop".

“Os dados públicos divulgados da transação demonstram um forte potencial estratégico e de geração de valor que as nossas empresas combinadas teriam. O Grupo Laureate se encontra em regiões de influência importantes para a Yduqs, tais como São Paulo e sul do país, conforme nosso plano estratégico amplamente divulgado aos acionistas. Adicionalmente, os dados públicos também demonstram outra vertente importante de crescimento com suas vagas de medicina”, afirmou a Yduqs em nota.

Segundo os termos da transação entre Laurearte e o Grupo Ser Educacional, caso haja uma proposta melhor dentro deste prazo de “go shop”, a Ser terá preferência em igualar as condições –situação conhecida pelo mercado como “right to match”.

Caso essa preferência não seja exercida, a Laureate poderá concretizar a operação mais vantajosa, mas deverá multa rescisória de R$ 180 milhões para a Ser.

Em maio, após passar a utilizar um software de inteligência artificial para a correção de atividades dos alunos, a Laureate demitiu cerca de 120 professores dos cursos de graduação na modalidade de educação a distância. Segundo a instituição, as demissões eram parte de plano de reestruturação.

Com 185 mil alunos, a Ser Educacional é o 8º maior grupo educacional do país.

O fechamento de qualquer uma das operações ainda dependerá da aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Nesta segunda-feira (14) as ações da Yduqs subiram 7,96%, a R$ 30,11. Já os papeis da Ser Educacional subiram 10,21%, a R$ 16,30.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.