Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
23/08/2012 - 07h10

Veja sites para encontrar a melhor comida de rua em viagens

DE SÃO PAULO

Descobrir a comida de rua e a baixa gastronomia -aquela vendida em botecos e comércios do tipo- de um destino pode ser uma experiência curiosa e, muitas vezes, bem saborosa. Há quem prefira bater perna e encontrar os vendedores pelas ruas mesmo. Para outros, alguns sites ajudam a descobrir as melhores opções.

Os quitutes do Rio de Janeiro foram tema de uma publicação em inglês e em português, o "Guia Carioca da Gastronomia de Rua" (editora Arte Ensaio), do cineasta Sérgio Bloch. Uma nova edição está sendo preparada, mas é possível encontrar dicas preciosas no blog que leva o nome do guia.

A chegada do verão, por exemplo, motivou um post com dicas de onde encontrar o melhor picolé, um hambúrguer caprichado e uma bela salada de frutas.

Um clique em "personagens", no menu abaixo do nome do site, traz uma seleção de vendedores e suas guloseimas de rua: o sushi do Arnaldo, o acarajé da Nega Teresa, o angu do Paulinho... Há ainda receitas para fazer os pratos em casa.

Andrew Biraj/Reuters
Vendedor ambulante prepara petiscos na rua em Dhaka, Bangladesh
Vendedor ambulante prepara petiscos na rua em Dhaka, Bangladesh

Outro site brasileiro interessante é o blog Baixa Gastronomia, que, como o nome diz, é dedicado à comida com bom custo-benefício, vendida em locais sem firulas.

Há posts sobre quitutes de São Paulo, Florianópolis, Recife, Curitiba, Barbacena e do Rio, além de dicas em Buenos Aires e em Montevidéu.

Quem pretende aproveitar a baixa gastronomia e a comida de rua em outros países faz bem em dar uma olhada no blog gas.tron.o.my, escrito por um casal que gosta de experimentar os sabores dos locais que visitam.

Há dicas de restaurantes mais requintados, mas o forte é mesmo a baixa gastronomia, com dicas de locais e comidas mundo afora, com uma listagem apenas para Los Angeles e dois rankings das dez melhores pedidas de Saigon (hoje Ho Chi Minh) e de Hanói, no Vietnã.

Famosa entre locais e turistas, a comida de rua de Nova York é tema do site mais interessante entre os indicados aqui: o New York Street Food. Além de listas por tipo de comida (a brasileira é tema apenas de um post sobre o acarajé da Bahia) e por cidades, há um mapa interativo de Nova York localizando os pontos de vendedores de comida de rua.

A pesquisa pode ser feita clicando sobre o mapa ou selecionando o tipo de guloseima desejada. A ferramenta gerou um aplicativo, compatível com iPhone, iPad e Android, à venda por US$ 0,99.

Outra ferramenta bem interessante do site é o Mobile Munchies (selecione no menu à direita do site), que mostra onde estão os carrinhos de comida que se movem pela cidade.

No site, há um link para uma lista no Twitter em que vários perfis relacionados a barracas móveis de comida informam onde estarão no dia -e, muitas vezes, o que há de especial para saborear na data em questão.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página