Descrição de chapéu Álbum de viagem

Americano registra 'balé de luzes' de aviões no entorno de aeroportos

Fotógrafo usa método de empilhamento de imagens para mostrar tráfego aéreo

Trilhas de aviões nos arredores do aeroporto de La Guardia, em Nova York, nos EUA

Trilhas de aviões nos arredores do aeroporto de La Guardia, em Nova York Pete Mauney

São Paulo

O fotógrafo americano Pete Mauney, 52, sempre gostou de aviões. Quando estava no colegial, morava em Newark, no estado de Nova Jersey, e costumava observá-los chegando e saindo do aeroporto local por horas.

O gosto o acompanha até hoje. Em um de seus ensaios, "Airplanes", ele capturou o rastro que as aeronaves deixam nas redondezas de aeroportos pelos Estados Unidos.

"Eu fotografava vaga-lumes por diversão (o trabalho deu origem ao ensaio "Fireflies") e, depois de desenvolver uma técnica para isso, percebi que ela podia também funcionar com aviões", afirma.

O método é baseado no conceito de empilhamento de imagens, que combina várias fotos em uma só.

As imagens do ensaio de Mauney mostram entre 20 minutos e duas horas e meia de tráfego aéreo nos arredores do aeroporto em questão. O fotógrafo afirma que não move a câmera durante esse intervalo de tempo.

Ele conta que hoje mora longe de aeroportos, em Tivoli, Nova York, e que já viveu também no Brasil, em Campinas, durante cinco anos. Foi embora aos 15 anos.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.