Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/11/2010 - 19h27

Consumo de amendoim durante gravidez pode causar alergia no bebê

Publicidade

DA REUTERS

Filhos de mulheres que comeram uma grande quantidade de amendoim durante a gravidez podem ter um risco maior de desenvolver alergia ao alimento, sugere um novo estudo.

Apesar disso, os pesquisadores não recomendaram que as mulheres grávidas evitem o amendoim, pois ainda não está claro se o consumo pode realmente causar uma alergia grave e potencialmente fatal --que afeta atualmente cerca de 1% das crianças.

Segundo o líder do estudo, o pesquisador Scott H. Sicherer, da Mount Sinai School of Medicine, em Nova York, "é difícil saber o que é certo ou se há alguma influência definitiva".

Em busca de uma resposta mais sólida, Sicherer e mais cinco colegas de outros locais dos EUA estudaram mais de 500 crianças entre 3 e 15 meses de idade, que tinham alergia a leite ou ovos, mas não a amendoim. A maioria ainda não tinha tentado comer o grão.

Os pesquisadores descobriram que mais de um quarto das crianças exibiu uma forte reação em um teste de "sensibilidade" de amendoim. Os filhos das mulheres que consumiram o alimento durante a gravidez tinham três vezes mais chance de apresentar esta indicação potencial da alergia em comparação às crianças cujas mães tinham evitado amendoim.

Além disso, quanto mais amendoim uma mulher relatava comer durante a gravidez, maior o risco do teste com seu bebê dar positivo, de acordo com o relatório de Sicherer e de seus colegas no "Jornal de Alergia e Imunologia Clínica". O consumo durante o aleitamento, no entanto, não pareceu afetar significativamente o resultado do exame.

Os investigadores advertem que as crianças do estudo foram submetidos a exames de sangue só para a sensibilidade do amendoim, que não é o mesmo que um diagnóstico de alergia.

"Temos que esperar mais alguns anos para obter essa informação extra", disse Sicherer.

Sua equipe continua acompanhando as crianças para determinar quais alergias vão e vem com o tempo, como parte de uma pesquisa em andamento no National Institutes of Health Consortium of Food Allergy Research.

O novo estudo chega após diversas recomendações na última década sobre o consumo materno de amendoim. Depois de oito anos de conselhos às mulheres para considerar evitar o grão durante a gravidez e amamentação --caso um dos pais ou irmão tivesse o problema-- a Academia Americana de Pediatria retirou a recomendação em 2008, devido à falta de provas.

A falta de clareza sobre a questão deixou muitas mulheres confusas. "Algumas mães disseram que comeram um monte de amendoim e acreditam que causaram a alergia, enquanto outras dizem ter evitado e se perguntam por que seu filho tem o problema", disse Sicherer.

"Eu acho que nós infelizmente temos que dizer que ainda não sabemos a resposta certa", acrescentou. "A parte boa dessa conclusão é que as mães não devem ter um sentimento de culpa sobre as dietas do passado."

 
Envie sua notícia

Publicidade

As Últimas que Você não Leu

  1.  

Publicidade

Livraria da Folha

Corpo Fala no Amor

Corpo Fala no Amor

Monika Matschnig

Comprar
Quando os Filhos Precisam dos Pais

Quando os Filhos Precisam dos Pais

Françoise Dolto, Marcia Valeria Martinez de Aguiar, Claudia Berliner

Comprar
Manual do Mimimi

Manual do Mimimi

Lia Bock

Comprar

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Fogão Fogão De diversas marcas a partir de R$ 358,20

Notebook Notebook Windows 8, LED, Intel" Core a partir de R$ 799,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página