Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
22/10/2006 - 13h41

Episódio de Santoro em "Lost" amarga pior ibope da temporada

Publicidade

[ALERTA: PARA QUEM ODEIA LER "SPOILERS" (TEXTO CONSIDERADO "DESMANCHA-PRAZER" POR REVELAR FATOS CRUCIAIS DE UMA TRAMA), NÃO SIGA EM FRENTE]

da Folha Online

O episódio de estréia do ator brasileiro Rodrigo Santoro em "Lost" registrou a pior audiência desde o início da terceira temporada da série nos EUA, no último dia 4 de outubro, aponta levantamento da Nielsen, empresa de pesquisa.

Com apenas quatro falas ("O que aconteceu", "Ele está vivo?", "Como assim, 'eles'? quem são eles?" e "como? o que aconteceu?"), Santoro apareceu no final do episódio "Further Instructions", o terceiro da nova temporada. A cena com Santoro em primeiro plano durou poucos segundos.

Reprodução
Veja aparição-relâmpago de Santoro em "Lost"
Veja aparição-relâmpago de Santoro em "Lost"
O terceiro episódio de "Lost" atraiu cerca de 16 milhões de espectadores para a rede ABC, abaixo do registrado no segundo (16,7 milhões) e primeiro episódio (16,7 milhões).

A queda contínua da audiência de "Lost" é um dos principais assuntos discutidos atualmente pelos críticos de TV nos EUA, já que a série chegou a registrar mais de 23 milhões de espectadores na temporada passada.

"Quem são os Outros? Onde estão Michael e Walt? E o que aconteceu com a louca da Rousseau? E agora, a grande questão de fato: por que 'Lost' perdeu metade de sua audiência desde a última temporada?", questiona a crítica Virginia Rohan do site de notícias "North Jersey".

Superpopulação da ilha

A superpopulação da ilha é um outro fator apontado pelos críticos para este início morno de "Lost" nas planilhas da audiência. Parte do público ainda não se acostumou com os novos personagens, demonstrando mais interesse nas histórias das estrelas consolidadas da série (Jack, Sawyer, Kate, Locke e Hurley).

A temporada começou com novos rostos, como Santoro (que interpreta Paulo), Kiele Sanchez (personagem Nikki), Elizabeth Mitchell (Juliet) e outros atores que povoam a vila comandada por Ben (ex-Henry Gale, interpretado por Michael Emerson).

A concorrência com outras séries também é citada como um motivo para a queda do ibope de "Lost" nos EUA. "Criminal Minds", da CBS, tem se destacado nessa tarefa na noite da TV americana.

Os episódios de "Lost" também passaram a ser exibidos na íntegra na internet. Em redes de compartilhamento de arquivos, como o eMule, é possível baixar os episódios. O site da ABC bloqueia a visualização por internautas fora dos EUA, a fim de impedir que a nova temporada perca o interesse em países onde ainda não estreou.

No Brasil, a terceira temporada de "Lost" será exibida apenas em 2007. O canal pago AXN ainda não divulgou a data da estréia. A Globo deve exibir a segunda temporada no começo do próximo ano.

Aposta em elenco multiracial

Apesar das poucas falas de Santoro como sobrevivente do vôo 815 da Oceanic na sua estréia na TV americana, os produtores devem dar mais destaque ao ator nos próximos episódios. O galã é descrito pela mídia estrangeira como "Tom Cruise brasileiro" ou "Russel Crowe brasileiro".

"Lost" investe em um elenco multiracial como um dos pilares do seu sucesso. Ao incluir personagens de vários países, como o casal coreano Jin e Sun, o nigeriano Mister Eko e o iraquiano Sayid, a trama consegue atrair a atenção de nativos de diversos continentes, superando as críticas que geralmente pesam sobre "enlatados americanos", como a difusão de estereótipos da cultura dos EUA.

Leia mais
  • Confira alguns mistérios que a 3ª temporada de "Lost" já desvendou
  • Santoro é criativo e se encaixa bem em 'Lost', dizem produtores
  • Com três episódios gravados, Santoro ganha folga de "Lost"
  • Galã de "Lost" vem a São Paulo para 30ª Mostra de Cinema
  • "Lost" ressuscita Petula Clark e a música "Downtown"
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página