Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
05/03/2007 - 09h33

Wikipédia vira Orkut para famosos e anônimos que fazem o próprio verbete

Publicidade

DIÓGENES MUNIZ
da Folha Online

A Wikipédia virou Orkut. Ao menos para os internautas que usam a enciclopédia colaborativa mais popular da web para escrever sobre si, como acontecem nos perfis dos sites de relacionamentos.

O motor dessa tendência é a necessidade de evitar informações equivocadas sobre a própria vida, segundo os adeptos da prática. Eles são anônimos e famosos que se aproveitam do fato de qualquer pessoa poder participar do site, publicando ou modificando artigos.

Já para os especialistas no portal, que colaboram com a Wikipédia e possuem cadastro, trata-se de uma questão de ego, pura vontade de se promover.

Divulgação
Karine Alexandrino: "sou uma artista que procura ocupar os espaços disponíveis
Karine Alexandrino: "sou uma artista que procura ocupar os espaços disponíveis"
A cantora cearense Karine Alexandrino considera-se uma "artista que procura ocupar os espaços disponíveis". No seu verbete na Wikipédia, que diz ter sido criado por um fã, aprende-se que é "uma das artistas mais elogiadas nacionalmente por seu trabalho autoral".

Bastante (auto)divulgada na internet, ela não nega que já aparou o próprio verbete e tentou criar um com o nome do seu próximo CD, "Mulher Tombada". A tentativa acabou rechaçada pelos editores cadastrados no site, que excluíram a página.

Segundo Karine, é importante os perfilados tomarem conta do próprio verbete, mantendo "afastados os irresponsáveis que querem tornar tudo um grande lixão".

Thiago Crivellaro, técnico de audiovisual e colaborador da Wikipédia desde 2005, discorda: "Provavelmente esses verbetes não apresentam informações verdadeiras. São coisas ridículas."

Divulgação
Credibilidade da Wikipédia é posta em xeque
Credibilidade da Wikipédia é posta em xeque
Segundo ele, "a pessoa precisa ter relevância para o resto do mundo se quer entrar em qualquer enciclopédia". Crivellaro lembra ainda que para a criação de páginas na Wikipédia é necessário iniciar um debate. E como se mede a relevância de uma pessoa? "Bom, isso é uma polêmica..."

A criação do próprio perfil biográfico na Wikipédia é tabu para os famosos. Costuma-se evitar falar no assunto, até para negar que tenha feito o próprio verbete. A assessoria de imprensa da VJ Marina Person reagiu de forma irritada ao ser questionada sobre o caso. Não negou, tampouco confirmou se mexeu ou fundou o artigo dela.

Sua biografia é mais detalhada que a de Cicarelli (um dos mais acessados no ano passado no Brasil, inclusive para ofendê-la) e quase tão extensa quanto a da modelo. Tem até foto de família.

Políticos e empresas

Outra prática condenada por quem colabora com a Wikipédia é a divulgação de empresas e políticos por suas assessorias ou partidos. O perfil do prefeito César Maia, por exemplo, foi feito pela juventude do PFL. À Folha Online, ele nega que tenha tocado em qualquer palavra da Wikipédia, mas confirma que o próprio partido fez e edita sua referência na Wikipédia.

"No caso do César Maia, a Wikipédia tem obrigação de avisar que é um perfil partidário e que nem todas as informações podem ser consideradas confiáveis", alerta o "wikipedista" Crivellaro.

Folha Imagem
Prefeito do Rio de Janeiro  (RJ), César Maia, ganhou um verbete na Wikipédia de seu partido
Prefeito do Rio de Janeiro (RJ), César Maia, ganhou um verbete na Wikipédia de seu partido
Na Wikipédia, alguns produtos também possuem verbetes mais extensos e detalhados do que de figuras históricas. É o caso da pasta de dentes Close-up (que dizia ser "um dos grandes destaques do mercado publicitário", até ser alterada) ou do xampu Seda.

A exclusão do texto sobre o xampu já foi proposta por usuários do site. "Atenção: Este artigo possui passagens que não respeitam o princípio da imparcialidade. Tenha cuidado ao ler as informações contidas nele. Se sabe alguma coisa sobre este assunto, tente tornar o artigo mais imparcial", diz a Wikipédia, no cabeçalho do artigo sobre o produto.

Há ainda o grupo dos anônimos que escrevem sua biografia na Wikipédia para deixar um rastro para a posteridade. Em uma comunidade sobre a enciclopédia aberta, usuários debatem tal exercício.

"Fiz o meu, mas deletaram", diz um deles. "Boa idéia", comemora outro. "Querem um artigo sobre vocês? Ao trabalho! Façam algo que preste, que seja notável, e arranjem um jeito de virarem assunto!", critica um terceiro debatedor.

Saiba mais

O primeiro caso de "egopédia" com grande repercussão internacional aconteceu com um ex-VJ da MTV norte-americana, em 2005. Adam Curry, um dos mais famosos "podcasters" do planeta, editou o verbete do podcast (rádios virtuais produzidas no esquema "faça-você-mesmo"). Ele dizia ser o inventor da ferramenta.

Descoberta a farsa, Curry pediu desculpas, alegando não saber como funcionava a tal da Wikipédia. Aliás, o caso é descrito no seu verbete em inglês.

Leia mais
  • Internautas atacam personalidades que escrevem próprio verbete na Wikipédia
  • "Wikipédia do mal" escracha celebridades com humor negro
  • Software gratuito do wikia.com permite criação de sites como a Wikipedia
  • Wikipedia ameaça fechar em quatro meses, diz "Inquirer"
  • Enciclopédia virtual Citizendium busca superar Wikipedia
  • YouTube e Wikipédia estão entre marcas mais importantes, diz pesquisa

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre a Wikipedia
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página