Ministro do Meio Ambiente não estudou em Yale

Segundo Ricardo Salles, que publicou artigo em 2012 na Folha, erro partiu de sua assessoria

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Diferentemente do informado pela imprensa em diversas ocasiões, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não é mestre em direito público pela Universidade Yale, nos Estados Unidos. 

A assinatura de um artigo publicado por Salles em 2012 na seção Tendências / Debates da Folha incluía, em sua biografia, a formação em Yale. A informação foi repetida há duas semanas no programa Roda Viva, da TV Cultura. 

O erro foi revelado pelo site The Intercept Brasil no último sábado (23). À Folha o ministro confirmou que não estudou em Yale e disse que o equívoco foi cometido por sua assessoria de imprensa, que, segundo ele, enviou o texto ao jornal em 2012. A Folha tem a seção Erramos para retificar informações incorretas, mas Salles não procurou o jornal para corrigir o erro. 

Em nota, o programa Roda Viva afirmou que a reprodução do equívoco não partiu do ministro, que chegou a alertar a produção sobre a "imprecisão das informações" a seu respeito quando foi requisitado a revisá-las. O alerta foi confirmado pela reportagem, que teve acesso às mensagens trocadas entre o ministro e a produção do canal. 

Salles é formado em direito pela Universidade Mackenzie. Ele fez especialização em administração de empresas na Fundação Getúlio Vargas e pós-graduação em direito na Universidade de Coimbra, em Portugal, segundo o site do Ministério do Meio Ambiente. 

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.