Descrição de chapéu Há 50 anos

1970: Guerrilheiros matam refém americano após Uruguai não soltar presos

São Paulo

O norte-americano Dan Mitrione, sequestrado em Montevidéu pela guerrilha urbana Tupamaros, foi assassinado na madrugada de segunda-feira (10).

O crime ocorreu depois de o governo do Uruguai se recusar a negociar a libertação dos presos políticos no país (são aproximadamente 150), como exigiam os guerrilheiros.

Mitrione, 50, era um funcionário do governo dos Estados Unidos.

Os guerrilheiros ainda mantêm outros dois reféns. Um deles é o cônsul brasileiro Aloysio Marés Dias Gomide. O outro, Claude Fly, também é funcionário dos EUA. Ele é perito em questões agrícolas.

O crime teve repercussão internacional, e o governo do Uruguai decretou luto oficial.

O Congresso do país aprovou a concessão de poderes extraordinários ao governo federal para ampliar as investigações contra os tupamaros.

Primeira Página  da Folha de 11 de agosto de 1970
Primeira Página da Folha de 11 de agosto de 1970 - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.