Descrição de chapéu The Washington Post

Sinto muito, mas esse objeto estranho não foi enviado por aliens para nos salvar

Cometa foi avistado com velocidade muito alta e trajetória estranha

Sarah Kaplan
Washington

Você talvez já tenha visto uma ou outra notícia por aí dizendo que um cometa interestelar que visitou o nosso Sistema Solar pode ser uma nave enviada por uma civilização alienígena. 

Concepção artística do cometa 'Oumuamua, que parece um charuto
Concepção artística do cometa 'Oumuamua, que parece um charuto - M. Kornmesser, European Southern

Mas estou aqui para dizer que não há nenhum ET a caminho. Pelo menos, não agora,

Cientistas estão coçando a cabeça quanto a esse cometa em formato de charuto, batizado de  'Oumuamua, palavra havaiana que significa mensageiro, desde que ele foi avistado passando pela Terra em um ângulo estranho. A sua velocidade era tão grande e a trajetória tão curiosa que os cientistas concluíram que só podia ser um visitante de outra estrela.

Observações posteriores por dezenas de telescópios de todos os tipos sugeriam que era uma uma pedra espacial inerte: densa, sem poeira e avermelhada por causa da irradiação dos raios cósmicos.

Para se certificarem, astrônomos do Telescópio Green Bank, nos EUA, procuraram especificamente por sinais de aparelhos eletrônicos que poderiam estar conectados ao objeto. E não ouviram um bip.

No entanto, um rascunho de um artigo científico que será publicado no Astrophysical Journal foi publicado online nesta semana, apresentando um 'cenário exótico' no qual o 'Oumuamua era um objeto que funcionaria à base de energia solar construído por uma civilização alienígena. 

Não há evidência que sustente essa ideia. De fato, a maior parte do estudo se dedica a examinar como a pressão da radiação do Sol pode dar um empurrão em um objeto natural e contribuir para a aceleração inexplicável do 'Oumuamua. O fenômeno é a base para o método proposto de propulsão de espaçonaves, que eu acho que é de onde a gente vai de "uau, que pedra esquisita" para "isso pode ser obra alienígena". 

Os autores do estudo justificam sua especulação ao dizerem que a probabilidade de um cometa comum interceptar nosso sistema solar depois de ter sido ejetado de sua estrela-natal é muito pequena. 

Já que o  ‘Oumuamua se distanciou no nosso sistema solar, longe do alcance dos telescópios, cientistas vão ter que se contentar com os dados que têm. Felizmente, há muita coisa, e as explicações para o comportamento do cometa ainda não se acabaram.

Então fique à vontade para especular se esse é o único mundo que nós temos e não há mais ninguém lá fora para nos salvar de nós mesmos.

The Washington Post
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.