Acidente na rodovia Castelo Branco deixa mortos e feridos em SP

Quatro pessoas morreram; outras 18 ficaram feridas

São Paulo

Quatro pessoas morreram num acidente envolvendo um ônibus e uma carreta na rodovia Castelo Branco, sentido São Paulo, na terça-feira (2). O acidente aconteceu por volta das 17h30 no km 42, na região de Araçariguama.

Duas pessoas morreram no local do acidente. Na manhã de hoje, Fernando Loiola, 38, e Cláudia Lima, 50, morreram após serem levados ao Hospital Regional de Osasco com ferimentos graves. 

Oito pessoas com ferimentos leves foram levadas a hospitais de Barueri, São Roque, Sorocaba e Araçariguama. 

Não há ainda a relação de passageiros do ônibus, que ia para a divisa entre o Paraná e o Paraguai. 

Vista aérea da rodovia Castelo Branco
Acidente na rodovia Castelo Branco envolvendo ônibus e caminhão deixa três mortos - Reprodução/TV Band

De acordo com os bombeiros, o pneu do ônibus teria estourado fazendo com que o motorista perdesse o controle, tombasse e atravessasse a pista no sentido contrário, batendo num caminhão.

A princípio, os bombeiros falaram em três mortes no acidente, mas a informação foi corrigida pela corporação que esteve com ao menos 35 agentes no local, além do Samu e da Polícia Rodoviária.

A lentidão na rodovia chegou a três quilômetros no início da noite. 

Nesta quarta (3), a delegacia de Santana de Parnaíba, responsável pela área onde ocorreu o acidente, instaurou inquérito para apurar suas circunstâncias. 

De acordo com a delegada Isabel Cristina Ferraz, a polícia aguarda laudo do Instituto de Criminalística, que deverá ficar pronto no prazo de 20 a 30 dias. Espera-se que o documento apresente informações sobre as condições de manutenção do veículo, como as dos freios e das bandas de rodagem dos pneus.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.