Após ser derrubado por caminhão, monumento do Marco Zero é reinstalado em SP

Incidente ocorreu após uma festa na madrugada de domingo (20)

São Paulo

Um dia após ser encontrado solto e a cerca de 50 metros de sua base na praça da Sé, no centro de São Paulo, o monumento do Marco Zero foi reinstalado por equipes da prefeitura nesta segunda (21).

A obra, tombada pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp), foi derrubada na madrugada de domingo (20) por um caminhão. 

Segundo informações registradas no boletim de ocorrência, o veículo bateu na estrutura ao fazer uma manobra. Ele estaria no local para levar itens utilizados num show de reggae realizado na praça.

Marco Zero é reinstalado na praça da Sé após incidente com caminhão
Marco Zero é reinstalado na praça da Sé após incidente com caminhão - Leon Rodrigues/Secom

O incidente, ocorrido a cinco dias do aniversário de 465 anos da cidade, pegou muitas pessoas de surpresa. Nas redes sociais, visitantes do espaço relataram o problema ainda na manhã de domingo.

Uma publicação em uma página que promove passeios turísticos em São Paulo mostra a foto da base sem o Marco Zero e também o monumento de ponta cabeça próximo de um poste de iluminação. "Estamos chocados! Encontramos o Marco Zero assim no passeio de hoje!", dizia o texto.

A Subprefeitura da Sé lamentou o incidente ocorrido e afirmou que o marco foi reposicionado ao local de origem pela equipe da Subprefeitura Sé, em uma operação que durou duas horas. Para a ação foi necessária a utilização de um caminhão munck, que possui um braço articulado.

Segundo nota da subprefeitura, engenheiros e representante do Departamento do Patrimônio Histórico (DPH) acompanharam o reposicionamento da peça.

"A equipe de técnicos do DPH realizou vistoria e avaliação técnica do Monumento Marco Zero na manhã de hoje, segunda-feira, dia 21. Será necessário refazer a pátina do topo do marco, intervenção prevista para ser concluída até dia 25 de janeiro", afirmou a prefeitura.

Inaugurado em 18 de setembro de 1934, o Marco Zero de São Paulo é o centro oficial da cidade e ponto de referência de quilometragem e direção das principais vias que partem da capital.

A peça hexagonal de mármore e tampo de bronze traz em cada uma das faces símbolos em relevo dos destinos indicados. São eles: um pinheiro simbolizando o Paraná (caminho para o Sul), um navio para Santos (caminho para o mar), a bananeira e o Pão de Açúcar para o Rio de Janeiro (caminho para o Nordeste), ferramentas de mineração para Minas Gerais (indica o Norte), a bateia para Góias (Noroeste) e os atributos do bandeirante para Mato Grosso (Sudoeste).

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.