Queda de reservatório de água deixa dois mortos e nove feridos no Pará

Obra existe há anos e ainda não havia sido concluída; bombeiros checam se há mais vítimas

Manoel Cardoso
Santarém (PA)

A Polícia Civil do Pará abriu inquérito para apurar o desabamento de um reservatório de água, que deixou duas pessoas mortas e ao menos nove feridos, no início da noite de quarta-feira (5) em Almeirim, no oeste do Pará.

A obra estava sendo construída pela empresa Ditron Engenharia, com recursos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e do Governo do Pará. Duas das vítimas são Raimundo e Rainy Gomes, pai e filha que eram operários da obra.

Madeira, pedaços de cimento e outros destroços estão espalhados no chão, com uma árvore em pé ao fundo, no entardecer do dia.
Desabamento de reservatório de água em Almeirim-PA deixa dois mortos e nove feridos nesta quarta-feira (5) - Reprodução/redes sociais

Uma equipe do Corpo de Bombeiros, que se deslocou de Santarém para Almeirim, vai apurar as causas do acidente em parceria com a Polícia Civil do Pará.

As buscas seguem nos escombros da estrutura, que destruiu parte da unidade de saúde de triagem para Covid-19 e uma casa próximas, para verificar se há vítimas, Profissionais de saúde e alguns pacientes que estavam na unidade de saúde atingida pelos escombros sofreram escoriações.

O Governo do Pará lamentou o fato e deslocou várias equipes de apoio de Santarém, para Almeirim. O engenheiro responsável deverá ser ouvido pela Polícia Civil.

O sistema estava sendo construído há alguns anos e, segundo alguns moradores, tinha previsão inicial de entrega em 2016. Nesse período, a obra foi paralisada várias vezes por atraso de verbas. O reservatório destruído tinha capacidade para 100 mil litros de água.

Homem de camisa laranja de pé ao lado de mulher de camisa preta
Raimundo e Rainy Gomes, pai e filha operários da obra que morreram no desabamento de reservatório - Reprodução

Em nota, a Secretaria de Obras Públicas do Estado do Pará informou que lamenta o ocorrido em Almeirim, que enviou técnicos responsáveis para avaliar a situação e que já acionou a empresa responsável pela obra da caixa d’água.

A reportagem tentou ouvir a Ditron Engenharia, responsável pela obra, mas ninguem atendeu as ligações.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.