Descrição de chapéu Obituário Fernando Banas (1954 - 2020)

Mortes: Aplicou à vida a gestão da generosidade e do amor

Fernando Banas escreveu livros, guias, anuários e artigos e editou revistas técnicas sobre qualidade, prática de gestão e ambiente

São Paulo

O jornalista e administrador de empresas Fernando Banas soube casar seus dois campos de formação para conduzir o trabalho em uma área que aprendeu a amar: gestão de qualidade.

Especializou-se no assunto, entrevistou referências no exterior e implantou os conceitos de qualidade dentro da própria editora, a Banas, criada em 1950 com foco no trabalho de indústrias e empresas. Lá também tratou de ambiente e normalização.

Fernando Banas (1954-2020)
Fernando Banas (1954-2020) - Arquivo pessoal

Parte de movimento pela qualidade de gestão e certificação de empresas no Brasil, Fernando foi um dos responsáveis pelo Prêmio Banas de Qualidade (1995-2015), para empresas e personalidades.

Ao longo da trajetória, escreveu livros, guias, anuários e artigos e editou revistas técnicas sobre qualidade, prática de gestão e ambiente.

Fernando Banas foi um dos fundadores da Anatec (Associação Nacional do Editores de Publicações Especializadas).

Admirado pela inteligência, assistia aos telejornais e lia jornais diariamente. Entendia e gostava de política. Foi um bom líder para funcionários e excelente pai e marido. Generoso em todos os aspectos, não hesitava em compartilhar seus conhecimentos.

“Ele valorizava o tripé família, trabalho e saúde. A família estava sempre em primeiro lugar”, afirma a irmã, a empresária Cristina Banas.

Fernando incorporou o conceito qualidade em sua vida. Era autodidata na marcenaria e imbatível no preparo da paella. Nas horas vagas, seu hobby era velejar.

Fernando Banas, que lutava contra um câncer, morreu no dia 14 de outubro, aos 66 anos. Deixa a esposa Olga, duas filhas e dois netos.

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.