Descrição de chapéu Coronavírus

Ensaio fotográfico registra escolas fechadas em meio à pandemia

Fotógrafo capta calma e silêncio de instituições públicas fechadas há quatro meses

São Paulo

Passar em frente a uma escola era sinônimo de ouvir crianças brincando e aulas em andamento. Agora, em meio à quarentena decretada pelo novo coronavírus, o ar desértico toma conta dessas instituições --inclusive em suas imediações.

O Estado de São Paulo tem mais de um terço do total de estudantes matriculados no Brasil, com cerca de 3,5 milhões de alunos frequentando o ensino regular. As mais de 5.000 escolas estaduais paulistas estão fechadas há quatro meses (desde o dia 23 de março) e pretendem retomar as atividades a partir de 8 setembro.

Pensando nisso, o repórter-fotográfico Adriano Vizoni registrou algumas dessas escolas públicas em São Paulo. Durante três dias, ele percorreu diferentes bairros a fim de capturar o cenário de colégios bem ranqueados ou aqueles que tenham alguma história. Vizoni conta que todas foram fotografadas durante o horário de aula, fosse de manhã ou de tarde.

Entre elas está, por exemplo, a Escola Estadual Romão Puiggari, no bairro do Brás, que foi inaugurada em 1898 e é uma das escolas públicas mais antigas do Estado de São Paulo, mantendo as características originais do prédio construído por Ramos de Azevedo.

Confira o resultado do ensaio:

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.