Maconha medicinal é estrela de festival na Tailândia

Evento une jovens, portadores de doenças e cientistas, monges e políticos

Bancoc | AFP e Reuters

Milhares de tailandeses participaram do primeiro festival de maconha no fim de semana. O país se tornou o primeiro do sudeste asiático, região que tem algumas das mais severas punições do mundo por violações da legislação antidrogas, a legalizar o uso da erva para fins medicinais, no fim de 2018.

O festival uniu jovens, portadores de doenças e cientistas, monges e políticos. Quiosques vendiam equipamentos para produzir a planta, estufas e outros acessórios. Especialistas ensinaram sobre as variedades da Cannabis.

O parlamento nomeado pela junta na Tailândia, país que até a década de 1930 tinha tradição de usar maconha para aliviar a dor e a fadiga, votou a emenda no Ato Narcótico de 1979 em uma sessão extra que fez parte de uma corrida para aprovar leis antes do feriado de Ano Novo.

Mulher limpa exposição de plantas de cannabis durante o 2º dia do festival inaugural Pan Ram, na província tailandesa de Buriram - Lillian Suwanrumpha/AFP
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.