Descrição de chapéu Mulher Sogesp

Doulas: quem são e como podem ajudar as futuras mães

Suporte oferecido por profissionais é caracterizado por apoio psicológico e independe do tipo de parto

São Paulo

Concebido na Califórnia, Estados Unidos, no fim dos anos 1970, o trabalho da doula tem sido cada vez mais requisitado durante os processos de pré-natal, parto e pós-parto de mulheres brasileiras.

Acompanhar a gestante na hora de dar à luz e orientar a nova mãe nos cuidados com o bebê são algumas das atividades desenvolvidas pela profissional.

A doula Mariana de Mesquita (à dir.) em trabalho de parto
A doula Mariana de Mesquita (à dir.) auxilia grávida em trabalho de parto - Juca Lopes/Divulgação

“A palavra doula vem do grego e significa 'a mulher que serve'. Em 1973, a antropóloga Danna Rafael utilizou o termo doula para se referir às mulheres que apoiavam outras mulheres após o parto, especialmente em relação à amamentação”, comenta Rossana Pulcineli Vieira Francisco, presidente da Sogesp."

Na entrevista a seguir, a presidente da Sogesp traz algumas informações sobre o trabalho desenvolvido por essas profissionais.

O que faz a doula durante o trabalho de parto? Ela tem o papel de prestar apoio emocional à gestante durante o trabalho de parto. A doula pode ser escolhida pela paciente ou já estar inserida em alguma equipe de saúde. É relevante que, no pré-natal, todos os profissionais envolvidos no processo possam conversar, se conhecer e estabelecer a melhor forma de assistir à mulher.

As doulas fazem auscultação fetal, aferição de pressão e exame de toque do colo uterino? Esta é uma pergunta importante. As doulas não têm treinamento técnico para a assistência ao parto, sendo assim, não podem realizar esses exames. A Associação das Doulas do Estado de São Paulo, em seu código de ética, deixa muito clara a proibição da atuação da doula em procedimentos técnicos do parto, como também a orientação para que ela não atue em partos nos quais não exista alguém habilitado (médicos e enfermeiros) para a assistência.

Qual a função da doula no parto? Ela apoia a gestante e seu acompanhante durante o parto. Neste momento, ela deve permanecer ao lado da mulher, incentivando-a e, dessa forma, contribuindo para o parto.

Se o parto evoluir para uma cesariana, o que faz a doula? O suporte da doula independe do tipo de parto, pois seu trabalho é dar apoio psicológico, especialmente quando ocorre uma urgência. Neste instante, ela poderá, sem interferir na conduta médica, dar suporte à mulher. Quando o cuidado é centrado no bem-estar da mulher, não há interferência nas condutas dos demais profissionais. É essencial que todos respeitem este momento especial e que atuem para que seja seguro, o mais fisiológico possível e capaz de proporcionar à gestante a melhor experiência na hora do parto. A formação técnica da doula é para ações específicas. Na assistência ao parto, ela não pode interferir nas condutas de médicos, enfermeiros e obstetrizes.

Em relação ao recém-nascido, existe também uma função da doula? Sim, ela pode ajudar a mãe nos cuidados com o recém-nascido. Para algumas mulheres, a amamentação, o banho e os cuidados com o bebê são intuitivos; já para outras, será necessário maior apoio e, neste sentido, a doula tem fundamental atuação.

O que faz a doula no pré-natal? Durante o pré-natal são inúmeras as questões que afligem a gestante: vão desde dúvidas em relação à saúde, que deverão ser esclarecidas com os profissionais, até outras de ordem psicológica e de organização da rotina familiar, que poderão ser apoiadas pelas doulas. São diversas mudanças em um curto período de tempo, e todos precisam ficar atentos às demandas das mulheres nesta fase.

Elas também atuam no plano de parto? As doulas podem estimular as grávidas para que façam o seu plano de parto. Contudo, é relevante que seja discutido previamente com o médico para que possa haver ajuste de expectativas entre o que é desejado e o que é possível, sempre privilegiando que o parto ocorra da forma mais fisiológica possível.

Erramos: o texto foi alterado

A foto da ​doula Mariana de Mesquita utilizada no texto foi divulgada sem o crédito do fotógrafo Juca Lopes. A informação foi corrigida.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.