Descrição de chapéu Coronavírus

Tempestade derruba tendas e encerra vacinação contra a Covid-19 em drive-thru na zona sul de SP

Não havia nenhum carro aguardando na fila de vacinação na hora do incidente, que não deixou nenhum ferido

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Uma tempestade com cerca de dez minutos de duração interrompeu a vacinação contra a Covid-19 no Ginásio do Ibirapuera, na zona sul da cidade de São Paulo.

A chuva forte e ventania, que começaram por volta das 15h30 deste sábado (29), derrubaram tendas de apoio no drive-thru montado no local. Não houve feridos.

Tempestade interrompe vacinação contra a Covid-19 no Ginásio do Ibirapuera - Patrícia Pasquini/Folhapress

No momento, não havia nenhum carro aguardando em fila para a vacinação. Segundo uma funcionária, o movimento deste sábado foi fraco: menos de cem pessoas compareceram ao local.

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, todos os insumos e as vacinas —da AstraZeneca— foram preservados.

As 233 doses que ainda se encontravam no local foram remanejadas para serem utilizadas na AMA/UBS Dr. Geraldo da Silva Ferreira, no Jabaquara.

Tenda usada na vacinação contra a Covid-19 no Ginásio do Ibirapuera não resiste à tempestade que caiu sobre São Paulo na tarde deste sábado (29) - Patrícia Pasquini/Folhapress

No posto em frente à AMA/UBS Integrada São Vicente de Paula, no Ipiranga (zona sul), a procura pelas vacinas contra a gripe e Covid-19 também ficou abaixo da média, segundo avaliação de um funcionário da unidade. Durante os 30 minutos em que a reportagem permaneceu no local, cerca de 20 pessoas procuraram uma das duas vacinas oferecidas.

Em relação ao imunizante contra a Covid-19, o funcionário disse que muitas pessoas desistiram da vacina ao identificarem que no local estava sendo aplicada a AstraZeneca. No Memorial da América Latina, na Barra Funda (zona oeste), os portões fecharam às 16h53.

Dois carros chegaram ao local, mas foram impedidos de entrar, assim como a reportagem. A equipe de saúde ainda se encontrava no local.

Na unidade localizada na rua Vitorino Carmilo, 599, em Santa Cecília (centro), o movimento também foi fraco ao longo do dia, de acordo com uma funcionária. A vacinação contra a gripe e a Covid-19 encerrou às 17h, apesar de no site constar a informação que o término seria às 19h.

A reportagem flagrou pelo menos sete pessoas chegarem ao local em busca do imunizante e encontrarem as portas fechadas. O estudante de educação física Matheus de Andrade, 30, foi uma delas. O rapaz ligou em algumas UBS e foi informado de que poderia receber a vacina até as 19h.

A partir de segunda-feira (31), os postos de drive-thru da cidade e farmácias que estão realizando a vacinação contra a Covid-19 serão fechados temporariamente. Os serviços ficarão desativados até a próxima abertura de faixa etária.

As UBS que têm o sistema de drive-thru continuam aplicando normalmente as vacinas, assim como os Serviços de Assistência Especializada e os centros-escolas. Aos sábados, os idosos poderão procurar por uma das UBS/AMAs integradas para a imunização.

Posto de vacinação em frente à AMA/UBS Integrada São Vicente de Paula, no Ipiranga (zona sul)
Posto de vacinação em frente à AMA/UBS Integrada São Vicente de Paula, no Ipiranga (zona sul) - Patrícia Pasquini/Folhapress

Outro lado

Apesar do relato presencial da reportagem, a Secretaria Municipal da Saúde afirma que o término da imunização no Memorial da América Latina ocorreu dentro do horário previsto, às 17 horas. Ao encerrar a vacinação, sobraram duas doses, que foram levadas para a UBS Vila Barbosa, depois de constatado que não havia mais veículos no local.

Em relação à unidade da Rua Vitorino Carmilo, a pasta diz que se trata de um complexo com UBS e AMA Especialidades, não de uma AMA/UBS Integrada. Assim, o horário de encerramento era 17 horas.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.