Descrição de chapéu messi

Com Messi só no 2º tempo, Piqué salva Barça de derrota em dérbi

Com Philippe Coutinho titular, time empatou em 1 a 1 com o Espanyol 

Messi cai no campo encharcado durante empate em 1 a 1 com o Espanyol
Messi cai no campo encharcado durante empate em 1 a 1 com o Espanyol - Manu Fernandez/Associated Press

Vaiado pela torcida local, o zagueiro Piqué salvou o Barcelona de sua primeira derrota no Campeonato Espanhol ao marcar um gol no fim da partida e garantir o empate por 1 a 1 com o Espanyol, fora de casa, neste domingo (4), em jogo válido pela 22ª rodada da competição. Moreno fez para os mandantes.

Com o resultado, o Barça, que teve Philippe Coutinho entre os titulares, enquanto Lionel Messi entrou apenas no segundo tempo, continua com folga na liderança da competição. Tem 58 pontos, contra 46 do segundo colocado, o Atlético de Madri, e vantagem de 19 para o Real Madrid. Já o Espanyol é o 15º, com 25 pontos.

O time de Ernesto Valverde bateu um recorde: é o primeiro na história do clube a passar da 22ª rodada do Campeonato Espanhol invicto. Esta marca pertencia ao Barça de 2009/10, que era dirigido por Pep Guardiola, hoje no Manchester City. Depois de 21 jogos sem ser derrotada naquela ocasião, esta equipe perdeu a invencibilidade no dia 11 de fevereiro de 2010, quando caiu diante do Atlético de Madri.

O Barcelona dominou as ações no primeiro tempo. Teve 74% da posse de bola e deu sete chutes a gol, contra quatro do Espanyol. De qualquer forma, o time mandante não estava morto. Mesmo em casa, apostava nos contra-ataques rápidos e tentava apertar a saída de bola do adversário. As chances de gol foram poucas nos primeiros 45 minutos, mas aconteceram, como num chute (e defesa de Ter Stegen) e uma cabeçada de Léo Baptistão.

Aos 13 minutos do segundo tempo, Valverde finalmente colocou Messi em campo no lugar de Alcácer, justamente quando a chuva apertou e deixou o gramado encharcado. Com isso, o Barcelona, um time que gosta de toques rápidos e jogadas no chão, teve muitas dificuldades no ataque. Em alguns lugares do campo era preciso levantar a bola para tirar da poça.

O Espanyol jogava por um erro do Barcelona. E ele veio aos 21 minutos da segunda etapa. Ter Stegen bateu mal um tiro de meta e a bola sobrou para o Espanyol. Pela direita, Sergio Garcia cruzou e Moreno cabeceou para as redes para abrir o placar. Stegen tocou na bola, mas não o suficiente para evitar o gol.

O Barcelona foi vaiado constantemente em campo, mas nenhum jogador foi tão contestado quanto Piqué. O zagueiro era vaiado sempre que tocava na bola. Isso tem uma explicação. Recentemente, o jogador se referiu ao clube rival como "Espanyol de Cornellà", e não de Barcelona. Cornellà de Llobregat é um município da província de Barcelona.

Quando o Espanyol parecia estar muito perto da vitória, foi justamente Piqué que marcou, aos 37 minutos do segundo tempo, de cabeça, o gol do empate da partida. Na comemoração, provocou  fazendo sinal de silêncio.

UOL
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.