Descrição de chapéu maratona atletismo

Japonês amador que corre vestido de panda ganha Maratona de Boston

Yuki Kawauchi trabalha como professor e venceu com tranquilidade

Demétrio Vecchiolli
São Paulo

Quem já assistiu à Corrida Internacional de São Silvestre pela tevê ao menos uma vez na vida sabe que muitos amadores gostam de correr fantasiados e ganhar alguns minutos de fama. O japonês Yuki Kawauchi é um desses, mas não são só poucos minutos no caso dele. No mês passado, por exemplo, bateu o recorde mundial da meia-maratona entre pessoas que correm fantasiadas de panda.

Nesta segunda-feira, porém, ele foi muito além: vestido como um corredor normal, venceu a Maratona de Boston, a mais rápida do mundo e uma das mais tradicionais da história.

Tudo bem que a corrida desta segunda não foi das mais velozes. Realizada sob forte chuva, num percurso negativo (a largada é em maior altitude do que a chegada), a prova foi completada por Kawauchi em 2h15min54. O suficiente não só para superar um dos pelotões mais fortes da história, repleto de africanos, mas também para ampliar um dos recordes que colocam Kawauchi no Guinness Book.

O atleta japonês Yuki Kawauchi cruza a linha de chegada ao vencer a prova masculina da maratona de Boston, nesta segunda-feira
O atleta japonês Yuki Kawauchi cruza a linha de chegada ao vencer a prova masculina da maratona de Boston, nesta segunda-feira - Brian Snyder/Reuters

É que o japonês de 31 anos é o homem que mais vezes correu uma maratona abaixo de 2h20min – uma linha que costuma separar a elite do resto dos corredores. Essa o 79º sub-2h20 dele, em 80 maratonas disputadas. Em março, o Guinness reconheceu a façanha.

A vitória em Boston rendeu a ele prêmio de 150 mil dólares (cerca de R$ 511 mil).

Professor de uma escola de Saitama, Kawauchi é oficialmente um corredor amador, o que significa que ele só treina nas horas livres e não recebe bolsa dos organizadores para participar das principais corridas do mundo.

Mesmo assim, tem diversos resultados expressivos, como vitórias em Zurique (Suíça) e Sydney (Austrália), além de pódios em maratonas importantes como Tóquio e Fukuoka.

Em Boston, nesta manhã, ele venceu com muita folga. O japonês completou a prova com dois minutos e meio de vantagem sobre o queniano Geoffrey Kurui, campeão em Londres no ano passado.

O pódio foi completado por três norte-americanos: Shadrack Biwott, Tyler Pennel e Andrew Bumbalough.

UOL
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.