CPI dos maus-tratos aprova convocação de ex-técnico da ginástica

Atletas acusam Fernando de Carvalho Lopes de ter praticado abuso sexual

Bernardo Caram
Brasília

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos maus-tratos aprovou, nesta terça-feira (8), a convocação do ex-técnico da seleção brasileira de ginástica Fernando de Carvalho Lopes. Ele é acusado por atletas de ter praticado abuso sexual.

Ainda não há data definida para a audiência na comissão, que investiga crimes relacionados a maus-tratos sofridos por crianças e adolescentes. Por se tratar de uma convocação, Lopes é obrigado a comparecer.

O autor do requerimento, senador Magno Malta (PR-ES), que é presidente do colegiado, justificou que a convocação é necessária para contribuir com a investigação e o esclarecimento de recentes notícias que “informam diversos casos de abuso sexual de meninos cometidos pelo ex-técnico”. 

O técnico Fernando de Carvalho Lopes durante a etapa de São Paulo da Copa do Mundo de ginástica
O técnico Fernando de Carvalho Lopes durante a etapa de São Paulo da Copa do Mundo de ginástica - Ricardo Bufolin - 14.jul.2016/CBG/Divulgação

Reportagem veiculada no Fantástico, da TV Globo, no domingo (29), trouxe relatos de ginastas e ex-ginastas que acusaram Lopes. Mais de 40 pessoas disseram ter sido vítimas de abuso físico, moral ou sexual pelo ex-treinador.

Lopes já enfrentava na Justiça uma acusação feita em 2016, pelos pais de um menor de idade que havia trabalhado com ele no Clube Mesc. Ele nega todas as acusações.

A menos de um mês da Olimpíada do Rio, em 2016, a CBG (Confederação Brasileira de Ginástica) havia desligado o técnico, então treinador do ginasta Diego Hypolito na seleção brasileira masculina de ginástica artística.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.