Descrição de chapéu Copa do Mundo

Despedida apagada no Brasil destoa das outras seleções

Time deixou o país sem jogo de despedida e visita aos governantes

Gabriel Bosa
São Paulo

A visita de chefes de Estado e jogos amistosos diante de suas torcidas marcaram a despedida da maior parte das equipes rumo à Copa do Mundo. No Brasil, porém, o cenário foi bastante diferente.

De forma apagada e em meio uma greve que paralisou o país, o avião que levou a seleção brasileira à Londres para a pré-Copa decolou do aeroporto do Galeão no fim da tarde de 27 de maio sem grandes comemorações.

Para não passar completamente despercebida, a passagem da aeronave pela pista foi enaltecida por jatos d’água verde e amarelo, espirrados por dois caminhões do corpo de bombeiros.

Sem jogo de despedida, o único contato dos jogadores com a torcida foi em um treino aberto, dois dias antes da viagem, na Granja Comary, no Rio de Janeiro. O evento ficou marcado por invasões, gritos de 7 a 1 e muita confusão.

Em entrevista à Folha em dezembro passado, Tite afirmou que não tinha interesse em se encontrar com o presidente Michel Temer antes do Mundial.

 
“Não me sentiria à vontade com nenhum político. O meu meio é o futebol. A responsabilidade do técnico é ser democrático, transparente, e não misturar com o outro lado”, declarou.

Em janeiro, ao portal R7, o técnico da seleção disse que também não visitaria o chefe do Executivo nacional caso o Brasil conquistasse o hexacampeonato.

A interação de Temer com a seleção se limitou a um recado no Twitter logo após o anúncio dos 23 jogadores que representarão o Brasil na Rússia.

“Já temos a seleção para a Copa do Mundo na Rússia. Agora, Tite e equipe, com todo respeito aos nossos anfitriões e amigos russos e com humildade, por favor tragam o Caneco para casa”, postou o presidente no dia 14 de maio.

Confira abaixo as despedidas das seleções para a Copa do Mundo.

Alemanha

A seleção campeã do Mundial de 2014 recebeu a visita da chanceler Angela Merkel, no domingo (3), no centro de pré-Copa da equipe, em Tirol, na Itália. A chefe do Estado alemão jantou com os jogadores e se encontrou com torcedores que aguardavam às portas do centro de treinamento.

No dia 8 de junho, a seleção bateu a Arábia Saudita por 2 a 1, no estádio do Bayern de Munich. 

Chanceler Angela Merkel posa com a seleção da Alemanha durante visita ao centro de treinamento
Chanceler Angela Merkel posa com a seleção da Alemanha durante visita ao centro de treinamento - Markus Gilliar - 3.jun.18/Pool via Reuters

Espanha

No dia 7 de junho, o rei Felipe VI se encontrou com os jogadores e comissão técnica da seleção espanhola. Os atletas também receberam a visita do primeiro-ministro Pedro Sanchez, e do presidente Luis Rubiales, na terça (5).

Primeiro-ministro da Espanha Pedro Sanchez (E) recebe uma camisa com seu nome do presidente da entidade máxima do país Luis Manuel Rubiales
Primeiro-ministro da Espanha Pedro Sanchez (E) recebe uma camisa com seu nome do presidente da entidade máxima do futebol no país Luis Manuel Rubiales - AFP Photo / Javier Soriano - 5.jun.18

Na ocasião, o jogador Andrés Iniesta recebeu a honraria Gran Cruz de la Real Orden del Mérito Deportivo.

No domingo (3), a seleção se despediu da sua torcida em um empate de 1 a 1 com a Suíça, no Estádio de la Cerámica, casa do Villareal.

França

A seleção francesa também foi prestigiada pelos governantes do país. No dia 3 de junho, uma comitiva composta pelo presidente Emmanuel Macron, junto da primeira-dama Brigitte Macron e da ministra dos Esportes Laura Flessel, visitou a equipe no centro de treinamentos, em Clairefontaine.

O presidente Emmanuel Macron e a primeira-dama, Brigitte Macron, posam junto a jogadores e comissão técnica da seleção francesa em Clairefontaine, próximo a Paris
O presidente Emmanuel Macron e a primeira-dama, Brigitte Macron, posam junto a jogadores e comissão técnica da seleção francesa em Clairefontaine, próximo a Paris - Gonzalo Fuentes - 5.jun.18/Reuters

No sábado (9) a seleção empatou com os Estados Unidos, no estádio Groupama, em Lyon, no último amistoso antes do Mundial.

Inglaterra

Em Leeds, os ingleses venceram a Costa Rica por 2 a 0 no último jogo dentro de casa antes de embarcar à Copa, na quinta-feira (7).

Príncipe William conversa com jogadores da seleção inglesa antes da partida contra a Costa Rica, em Leeds
Príncipe William conversa com jogadores da seleção inglesa antes da partida contra a Costa Rica, em Leeds - Charlotte Graham - 7.jun.18/Pool Photo via Associated Press

Antes da partida, jogadores e comissão técnica se encontraram com o príncipe William, que também ocupa a presidência da Associação de Futebol da Inglaterra.

 
Portugal

A seleção portuguesa também se despediu da torcida com vitória, ao superar a Argélia por 3 a 0 na quinta (7), no Estádio da Luz, em Lisboa.

Premiê português Antonio Costa (C) recebe uma bola autografada pelos jogadores durante visita ao centro de treinamento da seleção
Premiê português Antonio Costa (C) recebe uma bola autografada pelos jogadores durante visita ao centro de treinamento da seleção - AFP Photo / Francisco Leong - 5.jun.18

Na terça-feira (5) o premiê António Costa visitou jogadores e comissão técnica no centro de treinamentos de Oerias.

Argentina

A seleção da Argentina se despediu de casa com uma goleada de 4 a 0 contra o Haiti, em jogo disputado na Bombonera, em 29 de maio.

Presidente Mauricio Macri, junto da filha, visita a seleção argentina no centro de treinamento
Presidente Mauricio Macri, junto da filha, visita a seleção argentina no centro de treinamento - Presidencia de Argentina - 30.mai.18

No dia seguinte, jogadores e comissão técnica receberam a visita do presidente Mauricio Macri no centro de treinamentos.

Uruguai

Na terça-feira (5), o presidente uruguaio Tabaré Vázquez, junto com autoridades esportivas e políticas do país, prestou uma homenagem visitando a seleção nacional na sua base de treinamento.

Presidente do Uruguai Tabaré Vázques, em visita ao centro de treinamento da seleção
Presidente do Uruguai Tabaré Vázques, em visita ao centro de treinamento da seleção - Andres Stapff/Reuters

A Celeste se despediu de com uma vitória de 3 a 0 sobre a seleção do Uzbequistão, na quinta-feira (7), diante de mais de 60 mil torcedores no Estádio Centenário, em Montevidéu.

 

Colômbia

Mais de 30 mil torcedores lotaram o estádio El Campín, em Bogotá, para festejar a ida da Colômbia à Copa do Mundo. Os jogadores convocados se dividiram em dois times para uma partida festiva em meio a apresentações artísticas e fogos de artifício.

Presidente da Colômbia Juan Manuel Santos (E) entrega bandeira nacional ao jogador Radamel Falcão durante encontro antes da Copa do Mundo
Presidente da Colômbia Juan Manuel Santos (E) entrega bandeira nacional ao jogador Radamel Falcão durante encontro antes da Copa do Mundo - AFP Photo / Raul Arboleda - 24.mai.2018

No dia 24 de maio, atletas e comissão técnica receberam a visita do presidente Juan Manoel Santos. No encontro, o chefe do Executivo homenageou o técnico da seleção, o argentino José Pekerman, com a Cruz de Boyacá, importante honraria nacional.

México

O presidente do México Enrique Peña Neto recepcionou a seleção e futebol na residência oficial de Los Pinos, no dia 31 de maio.

Presidente mexicano Enrique Peña Nieto segura camisa com seu nome após encontro com a seleção na Cidade do México
Presidente mexicano Enrique Peña Nieto segura camisa com seu nome após encontro com a seleção na Cidade do México - Xinhua / Ricardo Aldayturriaga - 31.mai.18

No sábado (2), os mexicanos superaram a Escócia por 1 a 0 em uma partida de despedida no Estádio Azteza, na Cidade do México.

Peru

A seleção peruana venceu a Escócia por 2 a 0 em um amistoso diante de milhares de torcedores que lotaram o Estádio Nacional de Lima, no dia 26 de maio.

Seleção Peru se despede da torcida após vencer a Escócia na preparação para Copa do Mundo - Reuters / Mariana Bazo - 29.mai.18

Nas redes sociais, o presidente Martín Vizcarra desejou boa sorte ao time.

Costa Rica

A seleção da Costa Rica venceu a Irlanda do Norte por 3 a 0, em jogo de despedida no Estádio Nacional, em San José, no domingo (3).

 
No dia 1o de junho, jogadores e comissão técnica receberam a visita do presidente Carlos Alvarado.

Panamá

Os panamenhos se despediram da torcida no último dia 29, em um amistoso sem gols contra a Irlanda do Norte, no estádio Rommel Fernández, na Cidade do Panamá.

O jogador Felipe Baloy, à dir., recebe bandeira panamenha do presidente Juan Carlos Varela, durante cerimôniano palácio presidencial Las Garzas, na Cidade do Panamá
O jogador Felipe Baloy, à dir., recebe bandeira panamenha do presidente Juan Carlos Varela, durante cerimôniano palácio presidencial Las Garzas, na Cidade do Panamá - 29.mai.18/AFP

Antes de viajarem à Europa, jogadores e comissão técnica se encontraram com o presidente Juan Carlos Varela.

 
Senegal

Jogadores e comissão técnica visitaram a residência oficial do presidente Macky Sall em 23 de maio.

Jogadores da seleção de Senegal posam para foto com o presidente Macky Sall no Palácio da República, em Dakar
Jogadores da seleção de Senegal posam para foto com o presidente Macky Sall no Palácio da República, em Dakar - 23.mai.18/AFP

No dia seguinte, milhares de torcedores lotaram o estádio Léopold Sédar Senghor, em Dakar, para o último treino da seleção antes da viagem à Europa.

Arábia Saudita

Jogadores e comissão técnica da Arábia Saudita se encontraram com o príncipe Mohammed bin Salman antes de embarcarem para a Europa, no dia 23 de maio.

Jogadores e comissão técnica da Arábia Saudita se encontraram com o príncipe Mohammed bin Salman antes de embarcarem para a Europa - AFC - 23.mai.18

Coreia do Sul

Jogadores e equipe técnica da Coréia do Sul foram recepcionados em Seul no dia 21 de maio em um festival com música e apresentações artísticas.

Lance do jogo entre Coreia do Sul e Bósnia e Herzegovina no estádio de Jeonju
Lance do jogo entre Coreia do Sul e Bósnia e Herzegovina no estádio de Jeonju - Reuters/Kim Hong-Ji - 1.jun.18

No dia 1º de junho a seleção perdeu para a Bósnia por 1 a 0 na cidade de Jeonju, diante de mais de 40 mil expectadores, na última partida dentro de casa antes da Copa.

Irã

A seleção venceu o Uzbequistão por 1 a 0, no dia 19 de maio, em Teerã, no último jogo antes de embarcar para a Europa. A partida teve grande presença da torcida e apresentação dos jogadores.

Lance de amistoso contra o Uzbequistão, em Teerã, o qual o Irã venceu por 1 a 0
Lance de amistoso contra o Uzbequistão, em Teerã, o qual o Irã venceu por 1 a 0 - Ebrahim Noroozi - 19.mai.18/Associated Press

No dia seguinte, comissão técnica e jogadores visitaram o presidente Hassan Rouhani.

Polônia

O presidente Andrzej Duda recepcionou a seleção na residência oficial durante visita no dia 24 de maio. 

Comemoração polonesa durante o empate de 2 a 2 contra o Chile, em Poznan, no último jogo da Polônia antes da Copa
Comemoração polonesa durante o empate de 2 a 2 contra o Chile, em Poznań, no último jogo da Polônia antes da Copa - AFP/Andrzej Iwanczuk - 8.jun.18

Na sexta-feira (8), a seleção empatou com o Chile em 2 a 2 no estádio Miejski, em Poznań, na última partida antes do Mundial. 

Japão

Seleção perdeu para o Senegal por 2 a 0, no dia 30 de março, durante a final da Copa Kirim, em Yokohama. Foi a última partida da seleção japonesa diante da sua torcida antes do Mundial.

Lance entre Japão e Gana, na cidade de Yokohama, na última partida da seleção japonesa antes do Mundial
Lance entre Japão e Gana, na cidade de Yokohama, na última partida da seleção japonesa antes do Mundial - AFP/Kazuhiro Nogi - 30.mai.18

Egito

Jogadores e comissão técnica se encontraram com o presidente Abdel  Fatah al-Sisi antes de embarcarem à Europa, no sábado (9).

Presidente egípcio  Abdel Fattah al-Sisi cumprimenta Mo Salah, estrela da seleção egípcia
Presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi cumprimenta Mo Salah, estrela da seleção egípcia - Reuters/The Egyptian Presidency - 9.jun.18

Dinamarca

A seleção bateu o México por 2 a 0, no último sábado (9), na cidade de Brondby, no último jogo antes da Copa.​

Seleção da Dinamarca se despede da torcida depois de vencer o México por 2 a 0 em amistoso na cidade de Brondby
Seleção da Dinamarca se despede da torcida depois de vencer o México por 2 a 0 em amistoso na cidade de Brondby - AFP/Ritzau Scanpix/Lars Moeller - 9.jun.18

Nigéria

Jogadores se despediram da torcida com vitória de 1 a 0 sobre a República Democrática do Congo, em amistoso em Port Harcourt, em 28 de maio.

Lance do amistoso entre Nigéria e República Democrática do Congo em Port Harcourt
Lance do amistoso entre Nigéria e República Democrática do Congo em Port Harcourt - Pius Utomi/AFP - 28.mai.18

No dia 30, jogadores e comissão técnica se encontraram com o presidente Muhammadu Buhari na residência oficial.

Sérvia 

Seleção se encontrou com o presidente Aleksandar Vucic no dia 1º de junho.

Islândia

 
Seleção se despediu de casa após empatar com Gana em 2 a 2, no estádio Laugardalsvöllur, na capital Reykjavík, no dia 7 de junho.
Lance do amistosos entre Islândia e Gana na capital Reykjavík
Lance do amistosos entre Islândia e Gana na capital Reykjavík - AFP/Haraldur Gudjonsson - 7.jun.18

Em um vídeo, o presidente Gudni Johannesson, junto da primeira-dama Eliza Reid, convida os torcedores para apoiarem o time durante o Mundial.

Suiça

A seleção venceu o Japão por 2 a 0 na sexta-feira (8), no estádio Cornaredo, em Lugano, na última partida dentro de casa antes do início da Copa. 
Lance entre jogadores da Suíça e Japão durante amistoso na cidade de Lugano
Lance entre jogadores da Suíça e Japão durante amistoso na cidade de Lugano - Xinhua/Ruben Sprich - 8.jun.18

Croácia

Seleção venceu o Senegal por 2 a 1, na cidade de Osijek, na última partida antes da Copa do Mundo. 

Comemoração durante amistoso entre Croácia e Senegal, em Osijek
Comemoração durante amistoso entre Croácia e Senegal, em Osijek - Goran Stanzl - 8.jun.18/Xinhua

Suécia

 
Se despediu da torcida em um empate sem gols contra o Peru, na cidade de Gotemburgo, no último sábado (9). 
Lance do amistoso entre Suécia e Peru, em Gotemburgo
Lance do amistoso entre Suécia e Peru, em Gotemburgo - AFP/TT News Agency/Adam Ihse - 9.jun.18

Bélgica

A seleção venceu a Costa Rica por 4 a 1, no estádio Heysel, em Bruxelas, no último jogo antes do Mundial.

Atacantes belgas Romelu Lukaku (E) e Dries Mertens (D) celebram gol durante amistoso com a Costa Rica
Atacantes belgas Romelu Lukaku (E) e Dries Mertens (D) celebram gol durante amistoso com a Costa Rica - John Thys/AFP - 11.jun.18


 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.