Estádios de Corinthians e Palmeiras disputam posto de sede da Copa América

Organizadores da competição farão vistorias nos locais no próximo mês

Sérgio Rangel
Rio de Janeiro

Os organizadores da Copa América de 2019, que será realizada no Brasil, irão inspecionar o Itaquerão e o Allianz Parque no próximo mês para decidir qual dos dois estádios receberá partidas do torneio, que será disputado de 14 de junho a 7 de julho do ano que vem.

Os dois estádios foram os únicos de São Paulo pré-selecionados para receber o evento. O estádio do Morumbi e o Pacaembu estão fora da disputa para sediar o principal torneio continental de seleções.

A Copa América será o próximo desafio oficial da seleção brasileira após o fracasso no Mundial da Rússia, quando o time foi eliminado nas quartas de final para a Bélgica.

A competição contará com os dez países associados à Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) e mais duas equipes convidadas: o Qatar, que sediará a próxima Copa do Mundo, em 2022, e o Japão, que já disputou a Copa América em 1999.

O torneio será disputado em cinco cidades. Além de São Paulo, Rio de Janeiro (Maracanã), Belo Horizonte (Mineirão), Salvador (Fonte Nova) e Porto Alegre receberão partidas da competição.

O estádio que será utilizado na capital gaúcha também não foi definido. O Beira-Rio (que assim como o Itaquerão foi sede da Copa do Mundo de 2014) e a Arena do Grêmio disputam o direito de receber os jogos. Eles também serão submetidos a inspeção dos organizadores do evento.

Fortaleza e Manaus queriam participar da competição, mas foram descartadas por causa do alto custo para viabilizar a operação.

Temendo que a competição seja um fracasso de público após campanha decepcionante dos sul-americanos no Mundial da Rússia (só Brasil e Uruguai foram às quartas de final), os organizadores optaram por um formato com apenas cinco sedes e sem muitos deslocamentos, reduzindo assim os custos do evento.

 

O Maracanã é o palco preferido para sediar a final do torneio. Os organizadores negociam com os proprietários do estádio a utilização do espaço.

A seleção brasileira principal não joga no estádio desde 2013, quando conquistou a Copa das Confederações com vitória sobre a Espanha por 3 a 0. Nas eliminatórias do Mundial da Rússia, o Brasil não jogou lá por causa de dificuldade da CBF em alugar o estádio.

Já a seleção olímpica atuou no Maracanã na final dos Jogos de 2016, quando, após em pate em 1 a 1, ficou com a medalha de ouro ao vencer a Alemanha nos pênaltis.

Durante a Copa América, a seleção brasileira ficará concentrada na Granja Comary, em Teresópolis, como aconteceu no Mundial de 2014.

Nesta semana, o técnico Tite  começou a negociar oficialmente com os diretores da CBF a renovação do seu contrato. Ele deve fechar um acordo até o Mundial do Qatar, mas precisará de um bom resultado na Copa América para permanecer no cargo até 2022.

Antes da disputa da competição, o time nacional fará oito amistosos. O primeiro será contra os EUA, no dia 7 de setembro, em Nova Jersey. O Brasil terá outro amistoso em setembro, mas o adversário ainda não foi definido.

A equipe jogará também em outubro, novembro e março do próximo ano.

A última vez que a Copa América foi realizada no Brasil foi em 1989. Naquele ano, Recife, Salvador, Goiânia e Rio de Janeiro foram as sedes.

O quadrangular final foi disputado em rodadas duplas no Maracanã. Lá, o time comandado por Sebastião Lazaroni derrotou a Argentina, então campeã mundial, Paraguai e Uruguai. O título acabou com um jejum de 40 anos da seleção sem vencer o torneio.

Copa América 2019

Torneio será realizado no Brasil de 14.jun a 7.jul.2019

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.