Descrição de chapéu Agora

Torcedores fazem Corinthians desistir de jogador acusado de agressão

Clube anunciou que o atacante Juninho não será contratado

O atacante Juninho
O atacante Juninho durante treino do Ceará - Fernando Ferreira/Ceará
São Paulo

O Corinthians voltou atrás e desistiu nesta quinta-feira (9) da contratação do atacante Juninho, de 19 anos, atleta do Sport. O jogador seria integrado à categoria de base do clube, mas a repercussão negativa em torno do jogador fez a equipe paulista desfazer o acordo verbal que tinha com os representantes do atleta.

O atleta já estava em São Paulo quando a equipe fez o anúncio da desistência.

Juninho responde desde novembro do ano passado a um processo sob acusação de violência doméstica, injúria e ameaça, movido por uma ex-namorada. Além disso, ele também carrega um histórico de indisciplina pelos clubes por onde passou.

Em nota oficial, o presidente corintiano Andrés Sanchez afirmou que a intenção do clube ao negociar a contratação do atleta era ajudar na recuperação dele.

"O Corinthians visava não só atrair um promissor talento futebolístico, mas também encetar um processo de ressocialização dele. Sabedor de antecedentes desabonadores no seu passado, acreditamos que um jovem devidamente orientado teria condições de mudar", afirmou o dirigente.

"Entretanto, considerando as inúmeras manifestações de torcedoras e torcedores contrários à eventual contratação de Juninho, informamos que ele não fará parte de nosso quadro de funcionários", completou.

Assim que a possibilidade da contratação foi discutida pelo clube, torcedores criaram nas redes sociais uma campanha virtual para fazer o Corinthians desistir do negócio. 

Alguns corintianos, inclusive, criticavam o fato de o time alvinegro discutir a contratação de Juninho no mesmo dia em que lançava mais um manifesto sobre a violência contra as mulheres.

Ontem, o jogador chegou a desembarcar em São Paulo para se dirigir ao centro de treinamento do Corinthians, onde faria exames antes de assinar o contrato.

Juninho se defendeu das críticas que vem sofrendo. "Eu não gosto nem de tocar no assunto, a gente sabe que tem mentiras e tem verdades, né? A verdade é que eu estou pagando por uma coisa que eu não fiz, entendeu?", afirmou o atleta ao site Globoesporte.com

Agora
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.